DESTAQUE

Opinião: Argentina com Bauza corre sério risco de ficar fora da Copa do Mundo

Publicado às

Colaborador do Torcedores

Crédito: Foto reprodução/Instagram Federação Argentina de Futebol (AFA).

Totalmente dependente de Lionel Messi, a seleção argentina de Edgardo Bauza corre sério risco de ficar fora da Copa do Mundo de 2018.

A seleção argentina corre sério risco de não ir a próxima edição da Copa do Mundo em 2018. A equipe de Edgardo Bauza é a 5ª colocada nas eliminatórias da América do Sul, após a derrota de ontem (28) para a Bolívia, fora de casa, por 2×0. Fez a equipe cair para a 5ª colocação e ficar na posição de repescagem.

LEIA MAIS:
Vice-presidente do River afirma que Gallardo não ficará na equipe após o final deste ano
Estudiantes terá Verón como capitão do time e presidente do clube, mas técnico garante que ele não manda no vestiário
Opinião: Chape joga mal e perde para o Lanús dentro de casa

A Argentina escolheu Edgardo Bauza para ser o comandante da seleção e guia-la à Copa do Mundo de 2018. Em agosto do ano passado, Bauza deixou o São Paulo a onde não foi bem, para assumir a seleção argentina.

Estreou contra o Uruguai em casa pelas eliminatórias e venceu com um gol solitário de Lionel Messi, por 1×0, em um jogo fraco do time de Bauza. Depois foram dois empates com Venezuela e Peru, ambos por 2×2, também com atuações fracas.

A crítica maior veio diante da derrota contra o Brasil, fora de casa, por 3×0, a onde a Argentina não viu a cor da bola e demonstrou o quanto tudo estava errado. Um time mal postado dentro de campo, com uma zaga fraquíssima, o time de Edgardo Bauza é totalmente dependente de Lionel Messi que marcou a maioria dos gols da era Bauza pela seleção argentina.

Sem Messi o time simplesmente não existe, não tem volume de jogo, não tem nada. O jogador do Barcelona de 29 anos, foi suspenso pela Conmebol, por xingar um arbitro em uma partida das eliminatórias e pegou 4 jogos de gancho. A primeira partida sem ele foi uma derrota para a Bolívia, fora de casa, por 2×0. Mostrando o quanto Messi faz falta para o grande time de Edgardo Bauza.

O treinador de 59 anos, convoca jogadores da confiança dele e também da oportunidade a novos jogadores que estão se destacando no campeonato argentino, uma “renovação” que não foi boa em nenhum aspecto para a Argentina. Podemos afirmar que se a Argentina continuar com Edgardo Bauza no comando, ela irá penar muito para alcançar uma das vagas na Copa do Mundo de 2018.

Lionel Messi só volta no último jogo das eliminatórias, diante da seleção do Equador, fora de casa. Um jogo que promete ser muito difícil e que terá uma briga intensa pela vaga da repescagem para a Copa do Mundo. Messi ficará de fora das partidas contra o Uruguai (Fora), Venezuela (Casa) e Peru (Casa), até lá Bauza terá que achar um jeito de se reciclar e mudar a história, porque se continuar dessa forma, não veremos Argentina na próxima copa.