Futebol Sul-Americano

Bolívia x Argentina: acompanhe o placar das Eliminatórias AO VIVO

Publicado às

Jornalista desde 2012, com passagens pelos jornais ABCD Maior e Diário do Grande ABC, além do canal NET Cidade. Atualmente como repórter colaborador no site Torcedores.com.

Crédito: Crédito da foto: Divulgação/AFA

Bolívia x Argentina se enfrentam nesta terça-feira (28), às 17h (de Brasília), no Estádio Hernando Siles, em La Paz (BOL), pela 14ª rodada das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2018, na Rússia. Sem chances de se classificarem ao Mundial, os bolivianos só cumprem tabela, enquanto os argentinos querem se manter entre os quatro postulantes à principal competição de futebol do planeta.

Acompanhe abaixo o placar AO VIVO!

VEJA MAIS
BOLÍVIA x ARGENTINA: CONFIRA COMO ASSISTIR AO JOGO AO VIVO NA TV
MESSI É SUSPENSO E DESFALCA A ARGENTINA POR QUATRO PARTIDAS
DUELO DE ARTILHEIROS, JOGO DE SEIS PONTOS E TUDO QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE AS ELIMINATÓRIAS

Se por um lado a vitória diante dos chilenos na rodada passada deu mais tranquilidade para o técnico Edgardo Bauza, já que a Argentina voltou a marcar presença no G-4, por outro lado, ele terá muito trabalho para escalar o time para a partida de logo mais na altitude de La Paz: apenas três titulares da partida anterior poderão jogar contra a Bolívia: Sérgio Romero, Marcos Rojo e Di María.

Já os bolivianos, que não brigam por mais nada nessas Eliminatórias, querem vencer os argentinos para fazer a festa de sua torcida, que deve comparecer em bom número no Hernando Siles. Provavelmente, o técnico Mauricio Soria deve adotar a tática que utilizou na rodada passada e pôr em campo parte do time titular do The Strongest, time que vem se destacando no campeonato local e está atualmente disputando a Copa Libertadores da América.

Veja as prováveis escalações de Bolívia x Argentina:

Bolívia: Lampe; Bejarano, Zenteno, Raldes e Flores; Wayar, Castro, Chumacero e Escobar; Arce e Marcelo Moreno. Técnico: Mauricio Soria.

Argentina: Romero; Roncaglia, Musacchio, Funes Mori e Rojo; Pizarro, Banega, Enzo Pérez e Di María; Ángel Correa e Pratto. Técnico: Edgardo Bauza.