Futebol

Borja “cala a boca” de imprensa colombiana após vitória nas Eliminatórias; entenda

Publicado às

Esportista de hobby, mas jornalista de profissão. Trabalhou como repórter do O Estado de S. Paulo, Revista TÊNIS. Tênis Virtual e CurtaTÊNIS em coberturas nacionais e internacionais de grandes eventos.

Crédito: Reprodução/Twitter

James Rodríguez chegou para o jogo decisivo contra o Equador, nesta terça-feira, em Quito, muito pressionado pela imprensa da Colômbia após ser flagrado fazendo gestos obscenos a jornalistas após treino no fim de semana. O meia do Real Madrid não passava por boa fase, tampouco a seleção “Cafetera”, que tinha vencido com tremenda dificuldade a Bolívia, em Barranquilla, na semana passada, e tinha vaga na Copa de 2018 ameaçada.

LEIA TAMBÉM:
Borja brilha e dá assistência de “trivela” para gol de James Rodríguez; veja lance

Olha ele aí! Armero rebola legal em comemoração de gol da Colômbia; assista

Tudo melhorou nesta terça após a vitória por 2 a 0, sendo que o camisa 10 balançou as redes após assistência de trivela de Borja, centroavante do Palmeiras. Você deve estar pensando que a situação voltou ao normal, já que a Colômbia subiu provisoriamente para a vice-liderança das Eliminatórias, atrás apenas do Brasil, não é? Em partes.

Após o jogo, Borja concedeu entrevista à TV Caracol e desabafou contra os mais críticos à seleção e a James Rodríguez. “Hoje conseguimos um resultado importantíssimo. Essa vitória vai para os jornalistas que querem fazer mal à nossa seleção. Mostramos a eles que podemos, sim, conseguir nossos objetivos”, desabafou o camisa 9, que desbancou Carlos Bacca, novamente no banco de reservas de Pékerman.

Ao longo dos 90 minutos, Borja, apesar de não ter marcado gols, correu, deu passe, lutou e jogou de forma séria e coletiva. Centenas de internautas idolatraram o atacante do Palmeiras nas redes sociais pela apresentação e também pelas palavras críticas à imprensa local.

Com os três pontos, a Colômbia quebrou um jejum de 21 anos sem vencer o Equador, fora de casa. Na próxima rodada, no fim de agosto, o time de Borja, James Rodríguez e Cia enfrenta a Venezuela, novamente como visitante. Na sequência, em setembro, os colombianos recebem a seleção brasileira.