DESTAQUE

Brasil x Paraguai: Confira notas dos jogadores brasileiros

Publicado às

Colaborador do Torcedores

Crédito: Reprodução/Twitter CBF

O Brasil não encontrou problemas para somar mais uma vitória nas Eliminatórias Sul-Americanas da Copa do Mundo nesta terça-feira (28) ao derrotar o Paraguai pelo placar de 3×0 na Arena Corinthians, chegando aos 33 pontos e se isolando cada vez mais na liderança.

Entre os atletas brasileiros, ponto positivo para Paulinho, que cresceu muito de produção nos últimos jogos e tem sido peça fundamental no esquema armado por Tite. Além dele, novamente Neymar teve ótima atuação, bem como o meio campista Philippe Coutinho.

LEIA MAIS:
VOCÊ CONHECE O NOME DOS ESTÁDIOS BRASILEIROS? FAÇA O TESTE!

Confira logo abaixo as notas atribuídas pelo Torcedores.com aos jogadores do Brasil de acordo com o desempenho que apresentaram diante do Paraguai nesta terça-feira (28), na Arena Corinthians

Alisson (6.5) – Não foi exigido pelo ineficiente ataque paraguaio. 

Fagner (7.0) –  Apoiou bastante o ataque, já que o setor ofensivo do adversário pouco chegou. Fez bons cruzamentos, além de quase ter marcado um gol em chute defendido pelo goleiro.

Marquinhos (6.5) – Bem como os outros membros da defesa, não foi muito exigido. Deixou o campo no intervalo com dores musculares.

(Thiago Silva) (6.5) – Jogou a segunda etapa e também não viu o ataque do Paraguai. É bom ir entrando aos poucos para retomar a confiança em defender as cores do Brasil.

Miranda (6.5) – Assim como seus companheiros do sistema defensivo, foi outro que pouco teve trabalho com a equipe adversária. Quando precisou, demonstrou seriedade e segurança.

Marcelo (8.0) – Infernizou a defesa do Paraguai pelo lado esquerdo, principalmente quando chegavam Philippe Coutinho e Neymar por ali também. Além de apoiar bastante, ainda fez jogadas de linha de fundo e anotou o terceiro gol do Brasil em toque de classe. 

Casemiro (7.0) – Impressionante como evoluiu no futebol europeu e se tornou indispensável no Real Madrid e também na seleção brasileira de Tite. É responsável pela marcação do meio campo, mas também tem muita qualidade no toque e na saída de bola.

Paulinho (8.0) – O que está jogando o contestado volante é demais! Depois de marcar três gols contra o Uruguai, deu duas assistências espetaculares nesta terça-feira. Faz muito bem a transição entre o sistema defensivo e o ofensivo, aliando qualidade no passe e chegada a frente com finalização.

Renato Augusto (5.5) – Discreto. Não tocou muito na bola, passou despercebido boa parte do jogo.

Philippe Coutinho (8.0) – Ainda tento entender onde estava Coutinho na época de Dunga? O meia dita ritmo e, junto com Neymar pela esquerda, inferniza a defesa adversária. Além disso, o jogador do Liverpool dá muita qualidade aos passes com sua habilidade e talento e é excelente nos arremates à longa distância. 

(Willian) (SEM NOTA) – Jogou pouco tempo.

Neymar (8.5) – Até quando perde um pênalti consegue ser o melhor em campo. O camisa 10 fez até caírem algumas gotas de água do céu. É diferenciado, chama a responsabilidade, finalmente tem um esquema em que não fica sobrecarregado como era com Dunga. Dá arrancadas e dribles desconcertantes e ainda marcou um gol.

Roberto Firmino (5.5) – Uma cabeçada defendida pelo goleiro e só. Não participou das principais jogadas brasileiras, pode ser uma boa opção no banco de reservas, mas não como titular. A vaga é de Gabriel Jesus e isso não se discute.

Diego Souza (SEM NOTA) – Jogou pouco tempo.