Colorados citam entrada de Ramiro no Gre-Nal e criticam arbitragem do Gauchão

Em pé de guerra com a arbitragem do Gauchão, a diretoria colorada conta com um aliado importante nessa disputa. A própria torcida do Inter comprou essa briga e está do lado do clube, apontando equívocos dos juízes ao longo das sete rodadas do estadual. No Twitter, colorados lembram de uma forte entrada de Ramiro em Roberson no último Gre-Nal, que não foi punida com vermelho pelo árbitro Leandro Vuaden.

Eduardo Caspary
Jornalista formado pela PUCRS em agosto de 2014. Dupla Gre-Nal.

Crédito: Foto: Ricardo Duarte / SC Internacional

No lance do clássico, ocorrido já no segundo tempo, o volante gremista chega atrasado em uma disputa de bola por baixo e acerta o tornozelo de Roberson com a sola do pé. A jogada é bem semelhante com a que tirou Charles do duelo contra o Juventude, neste domingo, no estádio Alfredo Jaconi. O jovem volante colorado também se atrasou na jogada e entrou por cima do rival, ganhando vermelho direto do árbitro Diego Real. Relembre a entrada de Ramiro:

Apesar da expulsão correta de Charles, Diego Real acabou se tornando um dos principais personagens da vitória por 1×0 do Juventude por conta do polêmico pênalti marcado ao final do jogo. Mesmo com muita reclamação dos colorados e consultas aos auxiliares, o juiz manteve a penalidade por entender que a bola havia tocado no braço de Junio. Tadeu converteu para os donos da casa. Ao final do duelo, a diretoria colorada não escondeu a revolta.

Quem chega e quem sai dos clubes?

 

“O que eu não consigo entender, é que o bandeirinha, o quarto árbitro, alertaram que não foi pênalti e ele assumiu a responsabilidade de marcar. Qual é a responsabilidade que ele assume? Por que ele deu pênalti avisado por todos os outros que não foi pênalti? Como eu explico isso para os jogadores? É uma vergonha o que aconteceu aqui hoje, o que vem acontecendo no campeonato. Infelizmente, eu coloco esse campeonato sob suspeição. Está sendo feito todo o possível para o Inter não ser heptacampeão”, disparou Roberto Melo, vice-presidente de futebol do Inter.

Polêmicas à parte, o Inter saiu da zona de classificação do Gauchão e tem apenas quatro rodadas para garantir uma vaga entre os oito primeiros colocados. No próximo sábado, no Beira-Rio, recebe o São Paulo, de Rio Grande. Antes, na quarta, encara o Sampaio Corrêa pela Copa do Brasil. Veja as reclamações dos colorados na web: