Drama: jogadores de clube de SP dormem em chão de ônibus e viajam em dia de jogo

Atualmente último colocado da Série A-2 do Campeonato Paulista, o União Barbarense faz jus ao péssimo rendimento na competição muito por conta da grave crise financeira que atinge o clube atualmente. Na quarta-feira (1º), o elenco viajou para o jogo contra o Batatais no dia da partida para economizar estadia em hotel e os jogadores precisaram dormir no chão do ônibus.

Márcio Donizete
Jornalista desde 2012, com passagens pelos jornais ABCD Maior e Diário do Grande ABC, além do canal NET Cidade de TV. Foi repórter colaborador, líder de colaboradores e editor no Torcedores.com. Apresenta o Lente Esportiva ABC em lives no Facebook e Youtube.

Crédito: Crédito da foto: Reprodução/Facebook

Uma foto postada nas redes sociais pelo meia Melinho, que saiu da aposentadoria para tentar ajudar o Leão da 13 a escapar da zona de rebaixamento à Série A-3, “viralizou” e denunciou o estado de penúria em que o tradicional time se encontra. “Lamentável. Viajando para Batatais no dia do jogo. Mais uma vez que deus nos abençoe. Esses meninos são guerreiros”, escreveu o atleta.

VEJA MAIS
RIO CLARO VENCE OESTE E ASSUME LIDERANÇA DA SÉRIE A-2
JOGADOR BATE A CABEÇA EM CONCRETO DO BANCO DE RESERVAS E VAI PARA O HOSPITAL

“Postei para os torcedores verem, para mostrar que a gente está com vontade. Minha intenção era mostrar as condições que os jogadores do União estão indo para um jogo importante. Não me arrependo e acho bom os torcedores saberem as condições”, declarou Melinho à Rádio Brasil, não demonstrando arrependimento da postagem.

O experiente meio-campista também revelou que chegou a pagar alimentação dos companheiros. “O lanche da noite de terça-feira quem pagou fui eu. O pessoal pediu um lanche mais reforçado já que não tinha concentração. Não veio, aí eu mandei descer dez pizzas para a rapaziada comer porque não iam concentrar”, admitiu o jogador de 36 anos.

Apesar de os “guerreiros” terem lutado em campo, o União foi derrotado por 1 a 0 pelo adversário e permanece como lanterna da Segundona estadual, com apenas um ponto somado em oito jogos até o momento. A equipe está a cinco pontos do Capivariano, penúltimo na classificação, e a nove do Rio Preto, primeira agremiação fora da área de degola.