DESTAQUE

Estudo vê melhora em situação financeira do Corinthians

Publicado às

Colaborador do Torcedores

Crédito: Divulgação/Facebook Corinthians

É fato que o Corinthians vai viver uma situação financeira delicada em 2017, mas, segundo um estudo feito pelo banco Itaú BBA, a situação financeira do clube melhorou. O levantamento se baseia em dados que vão até setembro de 2016.

“O Corinthians está conseguindo manter o nível dos custos. Esse é o ponto positivo. Eles estão estáveis, mas se compararmos os elencos de 2015 e 2016 eles são diferentes, Ele tem um elenco menos valorizado gastando a mesma coisa Deveria ter uma redução (de custos) maior ainda”, explicou Cesar Grafietti,  superintendente de crédito do Itaú BBA ao UOL Esporte.

LEIA MAIS: CORINTHIANS “ENCONTRA BRECHA EM REGULAMENTO” E JÔ PEDE MÚSICA. ENTENDA

Tal levantamento revela, ainda, que o clube alvinegro não tem condições de fazer grandes investimentos em contratações e nem possibilidade de se aumentar os custos. Em 2015, As despesas do clube alvinegro atingiram R$ 249 milhões em 2015. A projeção para 2016 é de R$ 251 milhões. Já a receita passou de R$ 281 milhões para R$ 352 milhões, diz a reportagem.

“A tendência para 2017 é de ser um ano difícil. O clube deveria ter trabalhado em 2016 uma redução de custos. Ficar do mesmo tamanho de 2015 não vai adiantar. Mas é difícil reduzir. Há uma dificuldade natural. O clube vendeu uma série de jogadores e teve de repor”, completa Grafietti, na mesma entrevista.