Futebol Sul-Americano

Fabra fala sobre sua adaptação no Boca Juniors e diz: ‘Me sinto muito bem e feliz’

Publicado às

Radialista, Jornalista com passagens como correspondente pelo site italiano CalcioNews24.com e pelo Arena Rubro-Negra. Atualmente setorista do Fluminense e Futebol Sul-Americano no Torcedores.com

Frank Fabra

Crédito: Foto: Divulgação/Twitter Oficial do Boca Juniors

Em entrevista ao site “Goal.com“, o lateral-esquerdo Frank Fabra falou sobre a sua adaptação no Boca Juniors e se diz muito feliz no time argentino. Depois de sair do Independiente Medellín, o atleta diz que está satisfeito com o seu trabalho e quer manter o ritmo para ajudar o técnico Guillermo Schelotto.

“Sim, para mim é muito importante estar aqui em uma instituição tão grande tem já muito tempo. Penso que a principio me custou um pouco o ritmo e o estilo de como se joga na Argentina, mas pouco a pouco tenho ganhado meu lugar e hoje me sinto muito bem e feliz dentro da equipe”, diz o lateral-esquerdo do time Xeneize.

LEIA MAIS:
OPINIÃO: VEJA COMO PEDRO E WENDEL DEIXAM O FLUMINENSE MAIS RÁPIDO
APÓS VITÓRIA CONTRA O SAN MARTÍN, GUILLERMO SCHELOTTO VALORIZA TRIUNFO DO BOCA JUNIORS
VEJA QUAIS SÃO OS JOGADORES DA BASE QUE SE DESTACAM EM ASSISTÊNCIA NO FLUMINENSE

Questionado sobre uma comparação entre o técnico Guillermo Schelotto e Pekerman da Seleção Colombiana, o lateral-esquerdo diz que ambos apresentam estilos similares, com relação as orientações dentro de campo. Fabra diz que se sente muito bem com o estilo tático de Schelotto, principalmente atuando na seleção colombiana.

“Tem estilos similares e me pedem coisas parecidas, na seleção tenho algumas liberdades também. Por exemplo, José me pede que faça mais diagonais atuava no meio de campo, mas chegada por essa zona, já no Boca vou muito mais pelas pontas. Me sinto bem cumprindo essa função”, completou o lateral-esquerdo.