Futebol

Maicon diz que não faltou apoio a Michel Bastos no São Paulo

Publicado às

Jornalista com passagens pelo Portal R7, Jornal do Trem, Impacto Comunicação, Dialoog Comunicação e Comunicale.

Crédito: Crédito da Foto: Reprodução/Fox Sports

A saída de Michel Bastos do São Paulo gerou vários comentários a respeito do comportamento do meia dentro do elenco são-paulino. Após o último Choque-Rei, Michel desabafou na saída do gramado e comentou sobre a fama de ser um jogador ruim de grupo.

Questionam (minha contratação pelo Palmeiras) pelo fato de terem falado muitas coisas sobre a minha pessoa, sobre eu ser um jogador que não é bom de grupo. Graças a Deus, por todos os clubes por onde passei fui uma referencia, não sei de onde tiraram isso, mas não consegui achar a resposta”, disse ao canal Premiere.

LEIA MAIS
DIRETOR DO TRICOLOR DESCARTA NEGOCIAÇÃO COM O MEIA EVERTON RIBEIRO
DAGOBERTO DIZ QUE GOL DE COBERTURA EM MARCOS FOI MAIS BONITO QUE DE DUDU EM DENIS
CUEVADEPENDÊNCIA? SÃO PAULO NÃO SABE O QUE É VENCER SEM O PERUANO EM CAMPO

Não adianta vir aqui ficar falando e talvez revidar certas coisas que falaram sobre mim. Eu vou mudar essa situação dentro de campo, dentro do grupo do Palmeiras, mostrando que eu sou um cara que sempre fui de grupo, nunca fiz rixa, nunca tive problema com nenhuma pessoa nos clubes onde passei”, completou Michel Bastos.

Em entrevista ao Boa Noite Fox, dos canais Fox Sports, Maicon evitou criar polêmica com o ex-companheiro de São Paulo, mas deixou claro que não faltou ajuda a Michel enquanto esteve no clube.

A respeito do Michel, a gente sempre apoiou o Michel. A gente sempre esteve do lado do Michel. Em momento algum, um ou outro jogador e diretor virou as costas pra ele. Pelo contrário, a gente sempre apoiou, sempre teve do lado dele, sempre tentou ajudar. Ele não pode falar que a gente virou as costas pra ele. Ou alguém do são Paulo. É inadmissível“, declarou.

Se ele está vivendo um bom momento no Palmeiras, é porque ele quis. Não tô dizendo que ano passado ele não queria no São Paulo, mas falta de apoio não foi. Te dou certeza“, concluiu o zagueiro.