DESTAQUE

“Não perdia um jogo”, diz Neymar sobre Robinho e Diego juntos

Publicado às

Jornalista formado pelo Mackenzie (SP), pós-graduado em Jornalismo Esportivo e Multimídias e pós-graduando em Assessoria de Comunicação e Mídias Sociais pela Anhembi Morumbi (SP). Apaixonado por esportes desde 1994.

Principal jogador brasileiro da atualidade com apenas 25 anos, Neymar já conseguiu atuar ao lado de muitos ídolos da infância. No Santos, por exemplo, fez sucesso com Robinho em 2010. A parceria também aconteceu na Seleção Brasileira, onde, agora, o craque do Barcelona também pode jogar com Diego.

O meia foi convocado pela primeira vez desde que retornou ao futebol brasileiro – hoje, defende o Flamengo. Tanto ele quanto Robinho, no entanto, foram revelados pelo Santos em 2002, quando foram campeões brasileiros. O Peixe também é o clube formador de Neymar, que afirmou que era fã da dupla desde criança.

LEIA MAIS:
NEYMAR DÁ “CHEGA PRA LÁ” EM CANTOR QUE COMEÇOU A SEGUIR BRUNA MARQUEZINE NO INSTAGRAM
APÓS GOLAÇO EM VITÓRIA, NEYMAR FAZ FESTA EM CASA COM MARQUEZINE E CANTOR SERTANEJO; VEJA
COMENTARISTA DA ESPN “CULPA” CONCORRENTE POR VÍDEO QUE O CONSTRANGEU AO VIVO

“Lembro de quando eu tinha meus 11/12 anos, não perdia um jogo (do Santos) só pra ver Robinho e Diego!
É engraçado como o futebol proporciona você assistir um ídolo e depois de uns aninhos estar ao lado dele”, escreveu o jogador do Barça em foto com Diego publicada em sua conta oficial no Instagram.

Veja o post de Neymar reforçando a idolatria pela dupla Robinho e Diego desde a infância:

Foi justamente aos 11 anos de idade, em 2002, que Neymar chegou às categorias de base do time da Vila Belmiro e já era tratado como “joia”. Por coincidência, 2002 também foi o ano do título brasileiro santista. Isto é, o futuro craque brasileiro pôde ver o sucesso da dupla mais de perto.

Robinho e Diego defenderam o time profissional do Santos de 2002 a 2004, quando o meia saiu rumo ao Porto – depois ainda rodou por vários clubes na Europa e está no Flamengo desde meados do segundo semestre de 2016. O camisa 7 ainda ficaria no clube praiano por mais um ano antes de ir para o Real Madrid.

Ao contrário de Diego, no entanto, retornou ao Peixe outras duas vezes entre passagens por outros clubes da Europa e até pela China. Desde o ano passado, Robinho defende o Atlético-MG – atitude que desagradou a muitos santistas. Já Neymar defendeu o Alvinegro de 2009 a 2013 e, desde então, está no Barcelona.

Gostou da publicação? Para acompanhar tudo o que escreve seu autor, curta sua página no Facebook e siga-o no Twitter.