DESTAQUE

Palmeiras perde para a Ponte na última rodada da 1ª fase do Paulista

Publicado às

Jornalista formado pela FIAM-FAAM. Setorista do Internacional e do Fluminense no Torcedores.com. Também escreve sobre o Palmeiras no site. Contato: mohamed.nassif12@hotmail.com

Ponte Preta x Palmeiras

Crédito: Crédito da imagem: Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação

Na noite desta quarta-feira, Ponte Preta e Palmeiras se enfrentaram no Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas. O Verdão não estava em uma noite inspirada e em uma partida que começou sonolenta, foi derrotado por 1 a 0.

Agora, as equipes começam a se preparar para o restante da competição. O Palmeiras encara o Novorizontino, enquanto a Ponte mede forças com o Santos nas quartas de final.

LEIA MAIS: Baptista evita falar em titulares na zaga palmeirense

O primeiro tempo foi muito abaixo do que as duas equipes podem apresentar. Já classificados para as quartas, os dois times não demonstravam estar completamente ligados na partida. Erravam passes e pouco finalizavam a gol.

Eduardo Baptista deu chance a Erik no time titular. O camisa 17 de dedicava, mas não conseguia fazer grandes jogadas com seus companheiros Dudu, Roger Guedes e William. O Palmeiras estava pouco inspirado, assim como a Macaca, que jogava com Clayson, Potkker e Lucca, mas pouco chegava ao ataque.

A melhor chance da Ponte foi em um chute de fora da área de Clayson em que Prass defendeu sem problemas. No lado Alviverde, Erik foi lançado e quase marcou. Aranha saiu bem e conseguiu interceptar o atacante do time da capital. Minutos antes, Veiga acertou um lindo chute de fora da área no travessão.

No segundo tempo, a Ponte começou melhor. Apesar da partida ter começado fria, como foi boa parte do primeiro tempo, era a Ponte que chegava com mais perigo. Aos 16 minutos Ravanelli exigiu boa defesa de Fernando Prass.

O Palmeiras respondeu com Keno, que parou em grande defesa de Aranha. Minutos depois, Willian quase marcou para o Palestra, mas o passe que recebeu foi forte demais e o camisa 29 chegou atrasado na pequena área.

Aos 28 minutos, o lance que mudou o jogo. Zé Roberto cometeu pênalti e já havia levado um cartão amarelo na partida. Acabou expulso. Na cobrança da penalidade, Pottker fez o gol da vitória do time da casa.

O jogo marcou a estreia de Hyoran pelo Alviverde, mas o garoto poucos minutos teve para mostrar seu futebol. O Palmeiras buscou empatar, mas não conseguia se organizar na partida e acabou derrotado.

Escalações: 

Ponte Preta: Aranha, Nino Paraíba, Fabio Ferreira, Marllon e Jefferson (Reinaldo), Jadson, Elton, Claysson (Lins), Lucca, Ravanelli (Wendell( e Pottker.

Palmeiras: Fernando Prass, Fabiano, Edu Dracena, Vitor Hugo e Zé Roberto, Felipe Melo, Raphael Veiga (Egídio), Roger Guedes, Dudu (Hyoran), Willian e Erik (Keno).