Futebol

Relembre as últimas partidas do Santos na fase classificatória do Paulista

Publicado às

Jornalista formado, amante do futebol, santista e roadie nas horas vagas. Santos FC e Rock n Roll sempre!

Crédito: Foto( AcervoSantista)

Santos e Novorizontino encerram suas participações na fase de grupos do Campeonato Paulista 2017 nesta Quarta Feira, (29/03), ás 21h45, na Vila Belmiro. Já classificados, o Peixe entra em campo em busca da vitória, que garante a vantagem de decidir em casa contra a Ponte Preta, já o Tigre, não pode ser alcançado pelo Santo André e vai enfrentar o Palmeiras.

Veja Também:
SANTOS X NOVORIZONTINO: CONFIRA A ESCALAÇÃO CONFIRMADA DO PEIXE
SANTOS X NOVORIZONTINO: ACOMPANHE O PLACAR AO VIVO E LANCES EM TEMPO REAL

Vamos relembrar os últimos jogos do Santos na fase classificatória do Estadual, que desde 2009 o Alvinegro de Vila Belmiro chegou a todas as finais.

Campeonato Paulista 2009 – Ponte Preta 2 x 3 Santos

O Santos, das então promessas Paulo Henrique Ganso e Neymar, precisava da vitória a qualquer custo, para se classificar para a próxima fase. Em um jogo difícil, o Alvinegro chegou a abrir o placar com Kléber Pereira. Tomou a virada da Macaca e estava saindo fora do Paulista, até o zagueiro Gum colocar a mão na bola dentro da área. Pênalti que Kléber Pereira cobrou e empatou. Aos 43 minutos, KP9 marcou mais uma vez e levou o Peixe para as semifinais. O Santos perderia o título para o Corinthians de Ronaldo.

Campeonato Paulista 2010 – Santos 4 x 2 Sertãozinho

O então time sensação dos Meninos da Vila, que tinha Neymar, Ganso, Robinho e companhia, já estava classificado de forma antecipada e mandou a campo os reservas para o último compromisso do Estadual. E como goleadas eram comuns para esse time, os suplentes não desapontaram e ganharam do Sertãozinho por 4×2, com gols de Germano, Alessandro, Zé Eduardo e Marcel. O Peixe seria campeão contra o Santo André.

Campeonato Paulista 2011 – Santos 3 x 0 Paulista

Dividindo-se entre a fase final do Paulista e da Libertadores, o Santos de Muricy Ramalho foi a campo contra um Paulista já sem chances de classificação. Com um time reserva, o Alvinegro ganhou por 3×0, com gols de Keirrison, Alan Patrick e Maikon Leite e seguiu para a fase final, que levou ao bicampeonato paulista, que seria conquistado contra o Corinthians.

Campeonato Paulista 2012 – Santos 5 x 0 Catanduvense

No primeiro jogo após completar 100 anos de história, o Santos tinha o Catanduvense pela frente. Empurrado pela torcida e no clima de festa, o Peixe não tomou conhecimento do adversário e goleou por 5×0, gols de Ganso (2), Borges (2) e Neymar. O Centenário seria coroado com o Tricampeonato do Paulista, contra o Guarani.

Campeonato Paulista 2013 – Santos 2 x 1 Penapolense

Jogando na Vila Belmiro, o Santos venceu o Penapolense por 2×1, com gols de André e Cícero. O Alvinegro perderia o título para o Corinthians e a chance de conquistar o inédito tetracampeonato paulista. Foi o último estadual disputado por Neymar com a camisa do Peixe.

Campeonato Paulista 2014 – Santos 2 x 1 Palmeiras

Tendo um clássico na última rodada do Estadual na Vila Belmiro contra o Palmeiras, o Santos colocou sua força máxima em campo pretendendo ser o primeiro da classificação geral e saiu com a vitória, com gols do zagueiro Neto e de Thiago Ribeiro, o Peixe venceu o alviverde por 2×1. O Alvinegro chegaria mais uma vez a final e desta vez, perderia para o Ituano, nos pênaltis.

Campeonato Paulista 2015 – Santos 2 x 0 Rio Claro

Jogando para garantir a segunda melhor campanha do campeonato (a primeira foi do Palmeiras), o Santos jogou para o gasto e ganhou do Rio Claro por 2×0, gols de Ricardo Oliveira e David Braz. Os times de melhor campanha do Paulistão 2015 se enfrentariam na final e o Peixe seria campeão, nos pênaltis.

Campeonato Paulista 2016 – Santos 2 x 1 Audax

Jogando a última rodada na Vila Belmiro, o Santos teve pela frente aquele que seria o futuro adversário na final, o bem armado Audax, do técnico Fernando Diniz. Com gols de Léo Citadini e Ronaldo Mendes, o Peixe venceu, de virada, por 2×1. Os dois times se enfrentariam na final e, após dois jogos muito difíceis, o Santos seria bicampeão paulista.