Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Relembre a última vitória do Santos na Libertadores no Peru

Nessa quinta-feira, ás 21h45 (de Brasília), contra o Sporting Cristal, o Santos faz sua estreia na Copa Libertadores de 2017. Pensando nisso, o Torcedores.com relembra como foi a última vitória do Peixe no Peru, pela competição continental.

Matheus Henrique Vieira Ramos
Estudante de Jornalismo. Setorista no Torcedores.com do Santos e Botafogo.

Crédito: Crédito da foto: Ivan Storti / Divulgação Santos FC

No dia 15 de março de 2012, pela fase de grupos do torneio o Alvinegro Praiano ganhou do Juan Aurich por 3 a 1. Na ocasião Fucile, Paulo Henrique Ganso e Borges marcaram os gols da equipe santista na cidade peruana.

LEIA MAIS:

VEJA A PROVÁVEL ESCALAÇÃO DO ATLÉTICO TUCUMÁN PARA ENFRENTAR O PALMEIRAS

ANÁLISE TÁTICA: O QUE O PALMEIRAS PRECISA FAZER PARA VENCER NA ESTREIA DA LIBERTADORES?

NAPOLI X REAL MADRID: SAIBA O QUE ESTÁ EM JOGO

Na partida o Peixe começou mal e saiu atrás no placar, mas mesmo com Neymar não tendo feito um jogo brilhante o time de Muricy Ramalho venceu, na oportunidade Ganso com um gol e uma assistência foi o melhor em campo.

Aliás, nesse duelo contra os peruanos o ex-camisa 10 do Santos quase fez o gol que “Pelé não fez”, o goleiro do Juan Aurich saiu jogando errado e a bola caiu para o meia que por pouco não fez um gol antológico.

Relembre os melhores momentos desse jogo:

https://www.youtube.com/watch?v=XEh-lxWkZTA

FICHA TÉCNICA

JUAN AURICH-PER 1 X 3 SANTOS

Local:

Estádio Elias Aguirre, em Chiclayo (Peru)

Data:

15 de março de 2012, domingo

Horário:

19h45 (horário de Brasília)

Árbitro:

Roberto Silvera (Uruguai)

Assistentes:

Mauricio Espinosa e Gabriel Popovits (ambos do Uruguai)

Cartões amarelos:

Quina, Valencia, Guadalupe, Fleitas, Contreras e Guizasola (Juan Aurich); Fucile, Juan e Henrique (Santos)

Cartão vermelho:

Guadalupe (Juan Aurich)

Gols:

JUAN AURICH-PER: Luis Tejada, aos 14 minutos do primeiro tempo

SANTOS: Fucile, aos 35 e Paulo Henrique Ganso, aos 39 minutos do primeiro tempo; Borges, aos 23 minutos do segundo tempo

JUAN AURICH-PER:

Penny; Guizasola, Guadalupe, Fleitas e Quina; Rojas, Valencia, Cueto (Contreras) e Kahn; Zuñiga e Luis Tejada

Técnico:

Diego Edisón Umaña

SANTOS:

Rafael; Fucile, Edu Dracena, Durval e Juan; Henrique (Adriano), Arouca, Ibson e Paulo Henrique Ganso; Neymar e Borges (Alan Kardec)

Técnico:

Muricy Ramalho