DESTAQUE

Sport anuncia Ney Franco como novo treinador

Publicado às

Colaborador do Torcedores

Sport

Crédito: Getty Images

Um dia depois de demitir Daniel paulista, depois do empate no clássico contra o Santa Cruz, por 1 a 1, o Sport anunciou seu novo treinador nesta segunda-feira (27). Trata-se de Ney Franco, que já dirige a equipe nesta quinta, contra o Campinense, na abertura do confronto pelas quartas de final da Copa do Nordeste.

O contrato de Ney Franco com o Sport vai até o fim desta temporada e ele chega ainda com  o auxiliar Alexandre Grasselli e com o preparador físico Alexandre Lopes. A apresentação de todos será nesta terça, no Centro de Treinamento José de Andrade Médicis.

LEIA MAIS:

SÃO PAULO ESTÁ PESSIMISTA COM RETORNO DE ATACANTE EMPRESTADO AO LEÃO DA ILHA
VEJA O QUE A IMPRENSA FALOU DO EMPATE ENTRE FLAMENGO E VASCO

“Esse namoro com o Sport existe há muito tempo. Não acertamos antes pois estava envolvido em outros projetos e quem me conhece sabe que quando entro em um projeto eu vou até o final”, comentou o novo comandante. “Chegarei aí amanhã à tarde [terça] e já irei direto para o campo. Temos um jogo importante na quinta-feira (contra o Campinense, pela Copa do Nordeste) e não podemos perder tempo”, completou Ney Franco.

O novo treinador já deixou claro que tem grandes ambições ao assumir o Sport e quer colocar o clube na principal competição do continente americano na próxima temporada.

“O Sport está me dando a oportunidade de voltar ao mercado em uma equipe que está disputando cinco competições. Temos por objetivo colocar o Sport na Libertadores. Para tanto, a força da nossa torcida é fundamental. Quando treinava outras equipes e via na tabela que iríamos jogar contra o Sport, em Recife, sempre ressaltava a força da torcida. Nesse momento precisamos que ela abrace o time e nos apoie”, pediu o novo comandante.

Currículo

Ney Franco, apesar de jovem, tem 50 anos, já pode ser considerado um técnico experiente e traz na bagagem algumas conquistas.

Entre as principais estão o título de Campeão Mineiro (Ipatinga, 2005), uma Copa do Brasil (Flamengo, 2006), um Campeonato Carioca (Flamengo, 2007), duas Taças Guanabara (Flamengo, 2007 e Botafogo, 2009), um Campeonato Paranaense (Coritiba 2010), um Campeonato Brasileiro da Série B (Coritiba, 2010) e uma Copa Sul-Americana (São Paulo, 2012), todos em clubes brasileiros.

Além disso, o novo técnico do Sport ainda foi campeão Sul-Americano e Mundial, com a Seleção Brasileira sub-20, em 2011.