Torcedores – Notícias Esportivas

‘Últimos três rivais do Bisping bateriam o GSP’, dispara treinador do inglês

A troca de provocações de Michael Bisping e Georges St-Pierre ganhou mais um capítulo nesta semana. Agora, quem se encarregou de dar declarações fortes foi Jason Parillo, treinador do inglês em uma entrevista ao jornal Las Vegas Review-Journal.

Victor Martins
Formado na Universidade Metodista de São Paulo. No Torcedores desde 2016 ou algo parecido.Antes trabalhei para a GG12 (empresa de prestação de serviços de conteúdo para sites), prestando serviços para sites como Federação Paulista de Futebol, Chico Lang, 10dofutebol, Milton Neves, Rádio Capital e outros,

Crédito: Reprodução/Youtube

Parillo mostrou confiança que seu pupilo conseguirá vencer GSP e seguir com o cinturão dos médios do Ultimate, inclusive chegando a afirmar que adversários recentes de ‘The Count’ não teriam dificuldades em triunfar sobre o canadense em hipotéticas lutas.

LEIA MAIS

A LUTA DAS MULHERES TAMBÉM É NO TATAME

ADVERSÁRIO DE WERDUM NO UFC 211, ROTHWELL É PEGO NO ANTIDOPING

“Michael Bisping nunca fugiu de lutar com ninguém na carreira dele. Ele lutou contra todo mundo. Os últimos três caras (referência a Anderson Silva, Luke Rockhold e Dan Henderson) iriam bater muito em St-Pierre. Entende o que quero dizer? Eles bateriam em GSP. Estamos preocupados que ele possa derrotar o Michael? É claro, todo mundo pode vencer lutas, especialmente um cara talentoso como GSP. Mas estamos preparados para enfrentar esses ‘gigantes fortes e malvados’ e vamos nos preparar para vencer o Georges. Eu prometo, Bisping vai para cima”, declarou o treinador do inglês.

Na visão de Parillo, a luta entre Bisping e GSP é como se fosse uma espécie de ‘loteria premiada’ na qual quem vencer leva um enorme montante de dinheiro, o principal fator que levou o inglês a preferir lutar contra o canadense no momento.

“Estamos excitados com tudo isso. Não é só um bilhete premiado. Sei que todos querem enfrentar Georges St-Pierre porque é como uma loteria, e claro, isso rende dinheiro. E é assim. Se você luta há muito tempo, eles vão te pagar não importa o que aconteça e é o que o Michael deseja agora”, ressaltou.

(Crédito da foto: Reprodução/Youtube)