Basquete

4 MOTIVOS PARA ACREDITAR NO WASHINGTON WIZARDS NOS PLAYOFFS DA NBA

Publicado às

Jornalista formada em 2014, torcedora e apaixonada futebol, Fórmula 1 e esportes olímpicos. Sempre de olho nas últimas do mundo do esporte e louca por NBA.

Crédito: Crédito da Imagem: Reprodução/Facebook

Os playoffs da NBA começam neste sábado (15), e a equipe do Washington Wizards surpreendeu muita gente ao conseguir a classificação entre os primeiros colocados do Leste. Embora tenha feito uma reta final inconstante na temporada regular e tenha pouca experiência em momentos decisivos, o Torcedores.com apresenta alguns motivos para acreditar no time de Washington.

LEIA MAIS:

4 MOTIVOS PARA ACREDITAR NO BOSTON CELTICS NOS PLAYOFFS DA NBA

1º – Evolução do time
A franquia da capital americana apostou em um novo técnico, Scott Brooks, e em poucas mudanças no elenco. No entanto, ao longo dos 82 jogos já disputados, o Wizards conseguiu trazer soluções para os antigos problemas de defesa e aproveitamento. Hoje mais coeso, o time cria mais, pontua mais, aproveita melhor as posses de bola e chegou a reverter placares adversos de dois dígitos em várias oportunidades.

2º – Desempenho em casa e na conferência
O Washington Wizards teve um desempenho bastante favorável jogando no Verizon Center, com 30 vitórias e 11 derrotas. No Leste, foram 32 vitórias em 52 partidas. Contra o Atlanta Hawks, primeiro adversário dos playoffs, a equipe inicia a série em casa e, durante a regular, venceu o time da Geórgia em 3 dos 4 confrontos.

3º – Experiência do treinador
Scott Brooks foi o comandante que levou o Oklahoma City Thunder às finais da temporada 2011-2012 da liga. A experiência do treinador em confrontos decisivos é um ponto positivo para a equipe, que soma poucos jogos disputados em playoffs. Brooks conduziu o Wizards ao título da Divisão Sudeste da NBA.

4º –  Bons números na temporada
A temporada regular trouxe números interessantes para o Washington Wizards. O armador John Wall estabeleceu novos recordes pessoais e dentro da franquia, sendo o segundo líder da liga em média de assistências e roubos de bola. Marcin Gortat é o quinto em aproveitamento de arremessos (57,9%). Otto Porter Jr. é destaque na franquia na linha de 3 pontos, com aumento significativo de aproveitamento desde a última temporada.