Futebol

Ceni vê jogo equilibrado e diz que derrota foi decidida na bola parada

Publicado às

Jornalista com passagens pelo Portal R7, Jornal do Trem, Impacto Comunicação, Dialoog Comunicação e Comunicale.

Ceni

Crédito: Crédito da foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net

Rogério Ceni não digeriu bem o revés do São Paulo por 2 a 0 diante do Cruzeiro, na noite desta quinta-feira (13), pela Copa do Brasil. O treinador são-paulino destacou que o time teve a iniciativa de propor o jogo, mas sofreu com duas bolas aérea.

Foi um jogo bem equilibrado, a posse de bola nossa, o Cruzeiro se postou bem. O que diferencia são duas bolas paradas, um gol contra e uma marcação errada, onde o Hudson cabeceia e tomamos o gol. São 500 passes trocados nossos, 200 do adversário, eles se defenderam bem, contra-atacaram. Não conseguimos concluir como em outros jogos, mas não perdemos a posse de bola. A bola parada hoje que tirou o resultado da partida”, disse o técnico, em entrevista coletiva.

LEIA MAIS
VAZA NA WEB SUPOSTA NOVA CAMISA TITULAR DO SÃO PAULO; VEJA DETALHES
SAIBA QUANTO O SÃO PAULO FATUROU COM A CLASSIFICAÇÃO NO PAULISTÃO
OPOSIÇÃO, BLUM CRITICA GESTÃO DE LECO E QUER MODERNIZAÇÃO E INDEPENDÊNCIA DO CONSELHO DO SP

Ceni, inclusive, se mostrou surpreso com os gols da vitória da Celeste. Na visão do treinador, a jogada aérea seria uma arma do Tricolor. “Para ser sincero era uma das coisas que esperava o contrário. Esperava que fizéssemos gol de bola parada no Cruzeiro, achava, pelo que via, uma das maiores possibilidades nossas. Via uma possibilidade maior de fazer do que tomar. Treinamos bola parada defensiva e ofensiva. Eu realmente via possibilidade de fazer, mas o jogo mostrou o contrario“, afirmou.

Rogério eximiu Pratto, autor de um gol contra, de qualquer culpa, e adiantou que planeja fazer mudanças para o clássico contra o Corinthians, pela semifinal do Paulistão, no domingo (16).

Gol contra acontece. Já vimos outros , o jogador tenta fazer seu melhor, acontece. Confesso que me surpreende a forma como perdemos. Vamos jogar dessa forma de novo, em casa temos que procurar o jogo. Mesmo sistema, pode ser que mude peças, mas o modo de ver futebol vai ser o mesmo. Ter a bola, atacar o adversário e estar perto do gol adversário“, declarou.

O duelo de volta contra o Cruzeiro será na próxima quarta-feira (19), no Mineirão. O time precisará vencer por diferença de três gols.

Assista ao vídeo da entrevista coletiva de Rogério Ceni: