DESTAQUE

5 jogadores que podem decidir o jogo para o Corinthians contra o São Paulo

Publicado às

Colaborador do Torcedores

Crédito: Foto: Daniel Augusto Junior/Agência Corinthians

O Corinthians volta a campo em clássico válido pela partida de ida das semifinais do Campeonato Paulista neste domingo (16), diante do São Paulo no estádio do Morumbi. O alvinegro foi responsável por eliminar o Botafogo, de Ribeirão Preto, na fase anterior.

Como o confronto é marcado pelo equilíbrio entre os dois times, ainda mais pelo fato de ambas terem empatado por 1×1 na primeira fase, o Torcedores.com elaborou lista na qual constam o nome de cinco jogadores que podem decidir a partida a favor do Corinthians.

LEIA MAIS:
IRMÃO DE VÍTIMA DE ACIDENTE DA CHAPECOENSE FAZ GOL E SE EMOCIONA; CONFIRA

  1. Cássio: O goleiro é um dos pilares de sustentação do sistema defensivo corintiano e tem feito grandes atuações na atual temporada após um 2016 marcado pelas críticas e oscilações. Tem a capacidade de crescer em partidas decisivas como a deste domingo.
  2. Rodriguinho: Fez ótima temporada no ano passado e tem repetido as boas atuações durante esse ano. Foi o autor do gol que classificou a equipe na fase anterior diante do Botafogo, de Ribeirão Preto. Dá qualidade ao toque de bola corintiano no meio campo, mesmo oscilando algumas vezes.
  3. Jadson: É o “cérebro” no meio de campo do Corinthians. As principais jogadas articuladas e criadas pela equipe passam pelos pés do jogador, que retornou da China, sofreu até conseguir entrar em forma totalmente, mas aos poucos vai voltando a ter boas atuações e se coloca como um dos principais nomes da equipe, principalmente nas bolas paradas e nos passes.
  4. Jô: Chegou com muita desconfiança, mas foi ganhando por conta do desempenho, principalmente em clássicos. Marcou gol contra todos os três rivais no Campeonato Paulista, fato que rendeu o apelido de “God of Clássicos”. Se mantiver a escrita, não deve passar em branco contra o Tricolor.
  5. Maycon: Foi uma das principais promessas da base corintiana nos últimos anos. Acabou emprestado para a Ponte Preta, mas retornou em 2017 e, finalmente, recebeu oportunidades no time principal e não decepciona. Com muita qualidade no passe, é sempre elemento surpresa no ataque, realizando muito a transição entre o sistema defensivo e o ofensivo.