DESTAQUE

Diego sofre entorse no joelho e preocupa departamento médico do Flamengo

Publicado às

Esportista de hobby, mas jornalista de profissão. Trabalhou como repórter do O Estado de S. Paulo, Revista TÊNIS. Tênis Virtual e CurtaTÊNIS em coberturas nacionais e internacionais de grandes eventos.

Diego, meia do Flamengo

Crédito: Crédito da foto: Reprodução/FOX Sports

O torcedor do Flamengo saiu do Maracanã com um misto de alívio, pela vitória por 2 a 1 sobre o Atlético-PR, e apreensão, pela lesão de Diego. Autor de um golaço e maestro do time rubro-negro nesta quarta-feira, o camisa 10 sofreu uma entorse no joelho direito após dividida com Douglas Coutinho e teve que sair de campo ainda no segundo tempo de jogo, com 20 minutos passados.

LEIA TAMBÉM:
Mancuello é cortado do jogo do Flamengo contra o Atlético-PR; veja o motivo

Torcida do Flamengo exibe mosaico em homenagem a golaço de Zico em 1981; veja fotos

Substituído por Matheus Sávio, Diego conversou com a TV Globo após a partida e demonstrou preocupação com a contusão.

“Fiquei preocupado, estranha a torção. Fui levantar da maca e deu uma bambeada, não deu para continuar. É difícil falar com antecedência. Vamos fazer os exames e ver com exatidão amanhã. É no joelho, no ligamento colateral”, comentou o meia, com gelo no joelho.

Quem também se mostrou preocupado com a gravidade da contusão de Diego foi o médico do clube carioca, Márcio Tannure, depois do apito final. “Não estou muito otimista não”, limitou-se a dizer o especialista.

O Flamengo informou que o jogador já iniciou tratamento e será submetido a exames de imagem nesta quinta-feira. O Rubro-Negro volta a campo somente no outro fim de semana, pelas semifinais do Campeonato Carioca, contra o Botafogo. O próximo confronto pela Libertadores é no dia 26 de abril, novamente contra o Atlético-PR, em Curitiba.

Veja o golaço de Diego: