Futebol

Em coletiva, Sampaoli nega reunião com dirigentes argentinos

Publicado às

Colaborador do Torcedores

Crédito: Reprodução/AFA

Jorge Sampaoli é o principal candidato a assumir a vaga de técnico da Seleção Argentina com a saída de Edgardo Bauza do cargo. Especulações surgidas durante a semana deram conta de uma reunião dos dirigentes da Associação de Futebol Argentino (AFA) com o treinador, negadas pelo comandante do Sevilla.

O treinador deu entrevista coletiva nesta sexta-feira (14) negando ter tido qualquer encontro marcado com representantes da entidade e reafirmou que não pensa em deixar a equipe da Andaluzia tão cedo,

LEIA MAIS

NINTENDO ANUNCIA NOVOS ACESSÓRIOS PARA O SWITCH E NOVA COR PARA O JOY-CON; VEJA AS FOTOS

EX-BARCELONA, XAVI RASGA ELOGIOS A MESSI: ‘TALVEZ SEJA O MELHOR DE TODOS OS TEMPOS’

“Não me reuniria nem com meu irmão antes de um jogo. Esta cidade me deu carinho extremo, um carinho exagerado e tenho que responder isso moralmente. Deixarei tudo para que a equipe esteja o mais no topo possível”, disse Sampaoli.

Durante a semana, o Sevilla chegou a divulgar comunicado criticando as intenções da AFA de tentar se reunir com Sampaoli enquanto o treinador estiver contratado pelo clube. O argentino tem contrato com o time andaluz até junho de 2018.

O Sevilla volta a jogar neste domingo (16) contra o Valencia, por partida válida pela 32ª rodada doo Campeonato Espanhol.

 

 

(Crédito da foto: Reprodução/AFA)