DESTAQUE

Jogão no Beira-Rio tem festa pela metade, corneta do “DVD” e promessa de técnico do Corinthians

Publicado às

Jornalista formado pela PUCRS em agosto de 2014. Dupla Gre-Nal.

Corinthians x Inter

Foto: Corinthians x Inter

Crédito: Ricardo Duarte/Internacional/Divulgação

A fumaça vermelha subiu ao céu no entorno do Beira-Rio e deu o primeiro tom de uma noite que prometia ser especial. Mobilizada através das redes sociais, a torcida colorada chegou cedo ao estádio nesta quarta-feira para reeditar a festa “Ruas de Fogo”, quando os fãs se juntam no aguardo da delegação com sinalizadores e cânticos de amor ao time. Só que, desta vez, o evento ficou pela metade.

Sob a alegação de que os fãs estavam obstruindo a passagem dos carros na Avenida Padre Cacique, que fica em frente ao Beira-Rio, a Polícia Militar agiu com rigor para afastar os torcedores. Os agentes não titubearam ao jogar gás de pimenta e promoveram uma grande correria nos arredores do estádio, o que foi interpretado pela diretoria do Inter como uma atitude de “excesso”.

“O Ruas de Fogo é um evento conhecido, que é organizado pelas redes sociais e parte dos torcedores. Não é nenhuma novidade que isso ocorra em grandes jogos”, destacou Norberto Guimarães, vice-presidente de relacionamento do clube. A festa ficou conhecida a partir da campanha da Libertadores de 2006, a primeira da história do Inter. Desde então, tem sido marca registrada dos colorados antes das grandes partidas.

Narrador da Fox alfineta Inter, mas depois se retrata

Gustavo Villani, um dos principais narradores do quadro da equipe do Fox Sports, deu o que falar nas redes sociais pela forma como narrou o gol de Angel Romero, que abriu o placar para o Corinthians no empate em 1×1 no Beira-Rio. Antes de descrever o lance, ele lançou ao vivo e em ótimo som: “Põe no DVD” – ouça aqui a narração.

Só que o tema “DVD” já é motivo de piada do Corinthians sobre o Inter há algum tempo. Antes da final da Copa do Brasil entre as duas equipes em 2009, Fernando Carvalho – vice de futebol colorado na época -, preparou um DVD com possíveis erros de arbitragem favorecendo os paulistas durante a campanha no torneio. O cartola entregou o material à CBF e até hoje é lembrado por essa atitude.

A partir de então, a hashtag “põenoDVD” virou febre entre os corintianos a cada enfrentamento com os gaúchos. Os colorados que assistiam ao jogo pelo Fox Sports demonstraram profunda irritação via redes sociais e “obrigaram” Villani a se retratar. O locutor se pronunciou via Twitter:

A promessa de Fabio Carille

Satisfeito com o desempenho de sua equipe no empate em 1×1 com o Inter no Beira-Rio, o técnico Fabio Carille decretou logo em sua primeira resposta na coletiva de imprensa: “Foi a melhor partida do Corinthians fora de casa sob meu comando”. O resultado dá uma interessante vantagem aos paulistas, que podem até empatar em 0x0 em São Paulo, na próxima quarta, para avançarem às oitavas da Copa do Brasil.

Mas o ponto alto da coletiva de Carille foi a promessa que fez aos torcedores, jornalistas, jogadores e a quem mais quisesse: “Eu não vou desistir de jogador nenhum”, disparou, ao ser perguntado sobre Giovanni Augusto, que entrou no segundo tempo e atuou durante cerca de 20 minutos antes de sair lesionado.

No período em que ficou em campo, Giovanni teve boas aparições e perdeu um gol cara a cara com o arqueiro Marcelo Lomba. O meia esteve próximo de deixar o clube para ir ao próprio Inter, que cogitou uma troca simples por Valdívia. A negociação não avançou na última semana justamente pela vontade de Giovanni Augusto, que não quis mudar de camisa nesse momento. Carille, na coletiva, ainda citou Guilherme e disse que o atacante não está descartado dentro do elenco.