Destaque do Palmeiras, Keno quase foi para o Vasco; entenda

Campeão brasileiro, o Palmeiras reforçou o elenco para a disputa da Libertadores e um dos contratados foi o atacante Keno, ex-Santa Cruz.

“Assim que eu cheguei no Vasco um dos jogadores que pedi foi o Keno. Entendi que o clube não tinha condições de fazer grandes investimentos. Naquela oportunidade competíamos com o Palmeiras e acabou que eles levaram”, declarou o técnico Jorginho.

LEIA MAIS:
Ex-técnico do Vasco, Jorginho compara Douglas a xodó de Tite na seleção brasileira

Natural de Salvador, Keno veste a camisa 27 no Palmeiras. Ele foi revelado no América-SE, rodou por diversos clubes do interior do Brasil e chegou a jogar até no Atlas, do México. No entanto, foi sob o comando de Milton Mendes (atual técnico do Vasco) que ele brilhou. O atacante que formou dupla com o experiente Grafite participou do grupo campeão pernambucano e regional (Copa do Nordeste).

Como o tricolor caiu de produção no segundo semestre, a diretoria trocou o técnico e o rebaixamento para a Série B foi confirmado em dezembro. Além de Keno, outros jogadores também deixaram o clube, como Grafite (Atlético-PR) e João Paulo (Botafogo).