Lateral do São Paulo sofre estiramento e deve ficar fora de combate por 30 dias

O São Paulo foi ao mercado da bola tardiamente em busca de um jogador para sanar o problema crônico da lateral-esquerda, que contava apenas com Júnior Tavares. Desta forma, o Tricolor contratou por empréstimo Edimar, que estrearia neste domingo, diante do Linense, mas sofreu um lesão e ficará afastado dos gramados por pelo menos 30 dias.

Ramon Lopes
Foi editor do semanário BolanoBarbante, apaixonado por esportes, entusiasta das corridas de rua e dos jogos de tênis.

Crédito: Érico Leonan /São Paulo/Divulgação

Segundo confirmou a assessoria do clube, o lateral sofreu um estiramento no tendão do músculo reto femoral da coxa esquerda. Vale lembrar que lesões deste tipo costumam ter um tempo maior para a cicatrização e por isso demandam um pouco mais de cuidado.

LEIA MAIS:
ESTUDO APONTA QUE SÃO PAULO FATUROU MAIS DE R$ 370 MILHÕES EM 2016
ENTRE OS 12 GRANDES CLUBES, SAIBA O QUE POSSUI MAIOR MÉDIA DE GOLS

Por coincidência, Edimar foi inscrito no Campeonato Paulista para ocupar o lugar de Bruno, que sofreu uma entorse no tornozelo direito na última sexta-feira e também está sob os cuidados do departamento médico. A previsão é de que o camisa 2 possa novamente ter condições de jogo no início maio.

Além de Edimar, estão no estaleiro o goleiro Sidão, que sofre com uma lombalgia, além de Lucas Fernandes e Cueva, que fazem tratamento devido a um estiramento muscular na coxa esquerda.

A notícia de mais um jogador fora de combate é péssima para o São Paulo, já que a equipe vai enfrentar uma maratona de jogos importantes neste mês de abril, como por exemplo, o duelo eliminatório diante do Cruzeiro na Copa do Brasil.