Futebol

Neto diz que Corinthians foi “roubado” e detona Inter: “Só tem jogadorzinho”

Publicado às

Jornalista formado pela PUCRS em agosto de 2014. Dupla Gre-Nal.

Palmeiras

Foto: Neto

Crédito: Foto: Reprodução/ TV Bandeirantes

Polêmico como de costume, o comentarista Neto voltou a “causar” no programa Os Donos da Bola, da Bandeirantes, nesta quinta-feira, 13. O ex-jogador e atual apresentador fez duras críticas à arbitragem comandada por Wagner do Nascimento Magalhães durante o empate entre Inter e Corinthians por 1×1 no Beira-Rio pela Copa do Brasil e ainda detonou os jogadores colorados.

A forte declaração de Neto veio durante a discussão sobre um possível pênalti de Léo Ortiz em Romero. O apresentador pediu ajuda para os demais componentes do programa para acertar o nome do zagueiro colorado.

LEIA MAIS:

Narrador do Fox Sports diz “põe no DVD” após gol do Corinthians e revolta colorados

Ação da polícia em frente ao Beira-Rio interrompe “Ruas de Fogo” e gera confusão

“E o zagueiro, como chama o zagueiro? Porque eu não conheço os jogadores do Internacional, é tudo jogadorzinho”, disparou Neto, que jogou grande parte de sua carreira no Corinthians.

As duas reclamações de Neto quanto ao árbitro Wagner Magalhães foram por conta deste lance de Ortiz em Romero e na origem da jogada do gol de empate colorado, marcado por Rodrigo Dourado. Segundo o comentarista, o escanteio foi inexistente antes da conclusão de cabeça de Dourado.

Jogou muita bola e foi roubado, meteram a mão no Corinthians ontem. O pênalti que não deu em cima do Romero é uma vergonha. Vergonha da vergonha”, esbravejou. ”Como pode dar um escanteio desses? A bola bateu no pé do jogador do Inter, Nico López. Que que é isso? E aí sai o gol, isso é um absurdo. Meteram a mão no Corinthians”.

Com o 1×1 no jogo de ida da quarta fase da Copa do Brasil, em Porto Alegre, o Corinthians levou uma importante vantagem para o jogo da volta, na Arena Itaquera, que ocorre na próxima quarta-feira. Veja, a partir dos 20 minutos do vídeo abaixo, a polêmica declaração de Neto sobre os jogadores do Inter.