DESTAQUE

Opinião: 7 jogadores que não fazem falta alguma ao time do Santos

Publicado às

Colaborador do Torcedores

Santos

Crédito: Foto: Ivan Storti/ Santos FC

Na atual temporada o Santos ainda não engrenou, e busca recuperar o futebol que o credenciou como a segunda melhor equipe do futebol brasileiro em 2016.

Fato é que o Peixe conta com uma forte equipe, mas ao mesmo tempo o elenco deixa a desejar, sendo muitos desses atletas “dispensáveis” para Dorival Junior.

LEIA MAIS:
TORCEDOR, AJUDE O LIVRO “20 JOGOS ETERNOS DO SANTOS” A SAIR DO PAPEL

Resolvi listar alguns que, ao meu ver, não fazem falta para o clube, apesar de serem utilizados, sendo alguns em demasia, pelo próprio treinador santista.

Para uma segunda fase de Libertadores, início de Brasileirão e Copa do Brasil, seriam ótimas peças para serem trocadas por outras que de fato venham a acrescentar ao elenco.

Confira:

David Braz: Apesar de experiente, comete muitos erros bobos mas que são decisivos. Não gosta de assumir a bronca quando erra além de tudo, e não se comporta como referência. Não faz falta.

Leandro Donizete: Jogador mediano, que pode ser útil à diversos clubes brasileiros, mas não ao Santos que está bem servido na posição, e seu estilo de jogo não bate com o do clube.

Victor Ferraz: Tem como hábito mais falar do que jogar. Ofensivamente é nulo, e defensivamente erra em algumas oportunidades.

Rodrigão: Costumava ser reserva imediato de Ricardo Oliveira, não conseguiu manter um nível de atuação, e acabou perdendo espaço para Kayke, que nem é atacante de ofício.

Kayke: Já o atleta que veio do Japão não demonstrou porque veio, e também pouco colaborou com o elenco santista.

Cléber: Teve diversas oportunidades mas não convenceu. Pelo contrário, errou em algumas ocasiões cruciais.

Matheus Ribeiro: Outro que chegou para ser opção nas laterais, mas suas atuações fizeram com que pensassem duas vezes antes de colocá-lo em campo.