DESTAQUE

Parceria entre São Bernardo e Metodista é rompida após 24 anos

Publicado às

Jornalista formado pela FIAM-FAAM. Setorista do Internacional e do Fluminense no Torcedores.com. Também escreve sobre o Palmeiras no site. Contato: mohamed.nassif12@hotmail.com

São Bernardo

Crédito: Divulgação

Uma das maiores parcerias do handebol brasileiro chegou ao seu fim na manhã desta quinta-feira (6). O São Bernardo e a Metodista não renovaram o contrato para este ano.

A expectativa é de que um novo parceiro da prefeitura seja anunciado ainda nesta quinta-feira. Os times de base do São Bernardo já utilizam o logo da Unip (Universidade Paulista). E a Metodista, que disputava as competições com o nome oficial de ADC (Associação Desportiva e Cultural) Metodista, encerraria as operações na modalidade.

LEIA MAIS:
Minas bate o Rio fora de casa na Superliga
Vôlei Nestlê encaminha vaga para a final da Superliga

De acordo com o site “Tchê Esportes”, o motivo do fim da parceria foram “problemas administrativos” da Metodista – que impediriam o clube de receber aporte financeiro da prefeitura. E São Bernardo deve mesmo assinar o novo contrato com a Unip. “Tudo encaminha (para isso)”, disse ao site “ABCD Maior” o secretário de Esporte do município, Alex Mognon.

A ADC Metodista já estava inscrita para o Campeonato Paulista que começa nos próximos dias. Com o fim da parceria, em teoria, o “novo” time de São Bernardo teria de conseguir um novo CNPJ e reconquistar o espaço nas competições nacionais e internacionais.

Desde 1993 juntos, conquistaram todos os títulos possíveis juntos, tanto em âmbito nacional quanto internacional. As últimas temporadas, no entanto, foram de corte de despesas e assim o investimento diminuiu.