Futebol Sul-Americano

Presidente do Boca Juniors se manifesta sobre a chance de repatriar Tévez

Publicado às

Radialista, Jornalista com passagens como correspondente pelo site italiano CalcioNews24.com e pelo Arena Rubro-Negra. Atualmente setorista do Fluminense e Futebol Sul-Americano no Torcedores.com

Boca Juniors

Crédito: Crédito da Foto: Divulgação/Boca Juniors

Nesta quinta-feira, o presidente Daniel Angelici se manifestou pela primeira vez sobre a chance de repatriar o atacante Tévez, que está no futebol chinês. Em entrevista ao programa Sportia, o mandatário falou sobre uma cláusula no contrato e destacou que é pagável.

“Somente ele, junto com sua família, é quem vão tomar sua decisão. Tem uma cláusula que tem no contrato que é pagável ao Tévez” diz o dirigente do Boca Juniors para a TV TyC Sports.

LEIA MAIS:
CONFIRA COMO FICA A CLASSIFICAÇÃO ATUALIZADA DO BOTAFOGO NA COPA LIBERTADORES
RIVER PLATE X MELGAR: VEJA TODAS AS INFORMAÇÕES DA PARTIDA E O QUE ESTÁ EM JOGO
CRUZEIRO VENCE O SÃO PAULO; VEJA AS NOTAS DOS JOGADORES

No contrato do atacante Tévez, o Boca Juniors colocou uma cláusula que o clube argentino poderia exercer o retorno do jogador por um valor menor estipulado na multa rescisória. O presidente Daniel Angelici quer trazer o jogador de volta, após o término do Campeonato Argentino.

Questionado sobre a situação de Centurión, o presidente Daniel Angelici explicou pela primeira vez como estão às conversas para renovar o contrato do atacante com o São Paulo. O mandatário diz que os valores pedidos pelo time paulista aparece muito caro para o time argentino.

“É um jogador que eu gosto muito dentro de campo, mas com esse número é um caso impossível”, diz o presidente Xeneize.