Futebol

Santa Cruz x Náutico: saiba quem venceu mais vezes o clássico

Publicado às

Colaborador do Torcedores

Crédito: Divulgação: Facebook Oficial / Clube Náutico Capibaribe

Com três times de peso em Recife, um dos clássicos formados no futebol pernambucano é Santa Cruz x Náutico. O “Clássico das Emoções”, como é chamado, completa em 2017 um século de rivalidade. Quer saber mais sobre? Confira aqui, no Torcedores.com!

LEIA MAIS: ELIMINATÓRIAS ASIÁTICAS: FIQUE LIGADO NO QUE ROLOU NA RODADA

Caso vençam as semifinais do Estadual, Santa Cruz e Náutico podem se enfrentar na final da edição de 2017. Em seu histórico de confronto, dentre 515 jogos já realizados entre as duas equipes, são 200 vitórias do Santa, 166 vitórias do Náutico e 148 empates. O último embate foi o 2 a 1 pela última rodada da fase hexagonal do PE 17 no último dia 10 (segunda-feira). De todas essas partidas, 16 foram decisões de Campeonato Pernambucano, sendo o placar 9 para o Alvirrubro x 7 para o Tricolor.

Um dos maiores públicos registrados em Pernambuco foi a final do Super Campeonato de 1983 com 76.636 pagantes no Arruda. Mesmo sendo empate por 1 a 1, o Santa levou a taça por 6 a 5 nos pênaltis.

O último jogo com público de mais 70 mil pessoas em Recife foi a final do Pernambucano de 2001 com o Clássico das Emoções no Arruda. Ganhando por 2 a 0, o Náutico levou o título depois de um jejum de 12 anos.

Em 29 de junho, o clássico entre alvirrubros e tricolores será o 15º do Brasil a completar 100 anos.

Calma aí… 200 + 166 = 366. 366 + 148 = 514. Ué? Não foram 515? Falta um?
Sim, existe um jogo que NINGUÉM sabe o resultado. Considerado o maior historiador dos três grandes times do futebol pernambucano, Carlos Celso Cordeiro checou – num trabalho excepcional – todos os jogos das equipes, mas não há registro jornalístico do Santa Cruz x Náutico ocorrido em 29 de março de 1931. Foi uma final do Torneio Abrigo Terezinha de Jesus, competição que possui resultados desconhecidos.

Neste ano, por ser o Centenário do clássico, haverá um troféu, a ser entregue pela Federação Pernambucana de Futebol (FPF). O troféu Gena tem nome do ex-lateral-direito de 73 anos que participou do hexacampeonato do Náutico e do pentacampeonato do Santa Cruz. Leva o caneco quem somar mais pontos nas disputas no ano de 2017. Até o momento são: 1 empate (1 a 1 em 29/01), 1 vitória da Coral (1 a 0 em 04/02) e 2 vitórias do Timbu (1 a 0 em 12/03 e 2 a 1 em 10/04). As duas equipes ainda se enfrentarão – caso não haja finais entre eles no Pernambucano 2017 – na Série B, com previsão de partidas na Arena de Pernambuco em 14 ou 15/07 e no Arruda em 31/10, 03/11 ou 04/11.