Automobilismo

Vettel abre sexta-feira de treinos na frente no Bahrein

Publicado às

Jornalista com passagens pelas revistas Racing e House Mag.

Crédito: Foto: Getty Images

Sebastian Vettel foi o piloto mais rápido do primeiro treino livre para a disputa do Grande Prêmio do Bahrein, terceira etapa da temporada 2017 da Fórmula 1. O alemão marcou em sua melhor volta pelo circuito de Sakhir em 1min32s697, utilizando pneus macios em sua Ferrari no início da última meia hora de atividade.

A segunda colocação na folha de tempos ficou com Daniel Ricciardo, que com sua Red Bull foi exatos quatro décimos mais lento em relação a Vettel. Max Verstappen, com outro carro do time austríaco, terminou com a terceira posição, seguido por Sergio Pérez, representante da Toro Rosso. O grupo dos cinco melhores ainda contou com Felipe Massa, da Williams.

Lance Stroll, companheiro de Massa, ficou com a sexta colocação, enquanto Esteban Ocon, com a Force India, foi o sétimo. Fernando Alonso, que completou apenas 13 voltas durante a sessão, foi o oitavo com a McLaren, seguido por Romain Grosjean, da Haas. Coube a Lewis Hamilton fechar a lista dos dez melhores com a Mercedes.

Apesar de a atividade não contar com nenhuma bandeira vermelha, a sessão contou com problemas para alguns pilotos. Kimi Räikkönen e Stoffel Vandoorne viram seus carros pararem na pista e não completaram a atividade, enquanto Felipe Massa perdeu os freios e rodou já nos momentos finais deste primeiro treino.

O segundo treino livre para a disputa do Grande Prêmio do Bahrein de Fórmula 1 acontece ainda nesta sexta-feira, a partir do meio-dia. A corrida está marcada para o domingo, com largada também ao meio-dia.

Confira como foi o primeiro treino livre

A atividade começou pontualmente às 8h, pelo horário de Brasília, com os pilotos partindo para as voltas de instalação no circuito de Sakhir. Após cinco minutos, Daniel Ricciardo cravou a primeira volta do final de semana, com 1min38s985, com pneus médios. Outro que foi à pista foi Pascal Wehrlein, que deve estrear na temporada neste final de semana.

Após o piloto da Red Bull retornar aos boxes, a Mercedes mandou à pista Valtteri Bottas, que deu uma pequena escapada e só conseguiu bater o tempo de Ricciardo após cinco voltas. Lewis Hamilton, porém, assumiu a liderança da folha de tempos ao marcar 1min38s112, também com compostos médios. Lance Stroll foi à pista com a Williams e marcou o quarto tempo.

O número de pilotos que passou a fazer voltas aumentou a partir do vigésimo minuto, e Felipe Massa se colocou na terceira posição neste momento, com um tempo 0s917 pior que o de Hamilton. Apesar disso, o piloto da Williams reclamou que a aderência no traçado barenita era muito baixa durante sua volta.

Outro que foi à pista e se posicionou bem na folha de tempos foi Sebastian Vettel, que tomou a segunda colocação de Bottas. Na sequência, Massa retomou a terceira posição, ficando atrás apenas de Hamilton e Vettel. No encerramento da primeira meia hora da atividade, Carlos Sainz se colocou na ponta da tabela com 1min36s079, andando com os pneus macios.

Bottas destruiu a marca do espanhol da Toro Rosso minutos mais tarde, ao registrar 1min35s002 também com os compostos macios. Na sequência foi a vez de Hamilton aparecer na liderança com 1min34s636. Kimi Räikkönen, por sua vez, teve um problema com o motor de sua Ferrari, e deixou o treino após o carro parar na pista, mas o treino seguiu em bandeira verde.

Após um pequeno período em que os pilotos ficaram nos boxes, a sessão foi retomada com Marcus Ericsson partindo para a pista. Lance Stroll se colocou na primeira posição por poucos segundos, uma vez que Sergio Pérez assumiu a liderança da classificação ao marcar 1min34s095 com sua Force India equipada com pneus macios.

Vettel passou a pontear a folha de tempos quando restavam 30 minutos para o encerramento da sessão, ao marcar 1min32s697. Ricciardo voltou à pista e ficou com a segunda colocação, seguido por Max Verstappen. Nico Hülkenberg escapou com sua Renault, mas seguiu na atividade, enquanto a McLaren de Stoffel Vandoorne apresentou um problema, deixando-o parado na pista.

Fernando Alonso, que passou um grande período nos boxes, marcou a oitava melhor marca quando restavam 12 minutos para o encerramento do ensaio. Na sequência, Massa rodou após perder os freios, provocando uma bandeira amarela localizada.