Automobilismo

Vettel lidera segundo treino livre para o GP do Bahrein

Publicado às

Jornalista com passagens pelas revistas Racing e House Mag.

Crédito: Foto: Getty Images

Sebastian Vettel completou uma sexta-feira (14) perfeita no circuito de Sakhir, local que recebe neste final de semana o Grande Prêmio do Bahrein de Fórmula 1. O alemão, que já havia sido o mais rápido no primeiro treino do dia, liderou a tabela de tempos também na segunda sessão, após marcar 1min31s310 com a Ferrari equipada com pneus supermacios.

A segunda posição ficou com Valtteri Bottas, piloto da Mercedes que acabou a atividade com um tempo 0s041 pior em relação a Vettel. Daniel Ricciardo, com a Red Bull, se colocou na terceira posição, também menos de um décimo atrás do alemão da Ferrari. Kimi Räikkönen ficou com a quarta posição, enquanto Lewis Hamilton completou a lista dos cinco melhores com a Mercedes.

Nico Hülkenberg surpreendeu e marcou o sexto melhor tempo do ensaio com a Renault, deixando Felipe Massa, piloto da Williams, na sétima colocação na classificação. Max Verstappen, ainda no mesmo segundo de Vettel, apareceu em oitavo, deixando Romain Grosjean, da Haas, em nono. O top-10 foi completado por Daniil Kvyat, da Toro Rosso.

Novamente o exercício não contou com paralizações em bandeira vermelha, apesar de alguns pequenos incidentes. Carlos Sainz viu sua Toro Rosso ter um problema de motor ainda na primeira metade da sessão, enquanto Sebastian Vettel ficou lento na pista e teve o carro empurrado pelos fiscais até os boxes. A Ferrari reparou o equipamento e o alemão voltou à pista.

As atividades da Fórmula 1 no Bahrein terão sequência neste sábado (15), a partir das 9h, pelo horário de Brasília.

Confira como foi o segundo treino livre

A segunda atividade da Fórmula 1 começou com temperatura ambiente e da pista em 33°C, e os pilotos demoraram três minutos para partir à pista. Os primeiros a andar foram Romain Grosjean, Kevin Magnussen – ambos da Haas – e Sebastian Vettel, que logo marcou 1min32s615, andando com pneus macios em sua Ferrari.

Aproveitando-se do pequeno número de pilotos que foram à pista no início da atividade, Fernando Alonso pulou para a terceira colocação. Na sequência, Valtteri Bottas superou Vettel por apenas um milésimo para tomar a primeira colocação na folha de tempos. Felipe Massa avançou ao sexto lugar segundos mais tarde.

Lewis Hamilton assumiu a primeira colocação, mas viu Kimi Räikkönen marcar 1min32s277 para devolver a melhor marca à Ferrari. Pouco depois, o Safety Car Virtual precisou ser acionado por conta de um problema na Toro Rosso de Carlos Sainz. Três minutos mais tarde a bandeira verde foi acionada novamente.

Vettel foi o primeiro piloto a colocar pneus supermacios e ir à pista neste final de semana, e marcou 1min31s310. Na sequência, Bottas alcançou a segunda posição, enquanto Massa deixou aos boxes e fez o terceiro melhor tempo. O brasileiro acabou superado por Hamilton e por Räikkönen, momentos depois.

Daniel Ricciardo fez uma ótima volta com a Red Bull e tomou a terceira colocação, apenas 0s066 atrás de Vettel. Stoffel Vandoorne, por sua vez, só conseguiu sair para a pista quando restavam 47 minutos para o encerramento da sessão, mas ainda assim, o belga fez apenas um giro de instalação, retornando aos boxes na sequência.

A Ferrari de Vettel apresentou problemas quando restavam 40 minutos para o encerramento da atividade. O carro do alemão precisou ser empurrado até os boxes. Vandoorne, por sua vez, registrou sua primeira volta rápida na sessão no término da segunda meia hora da atividade, e marcou o pior tempo do exercício.

Restando 30 minutos para o final da atividade, os pilotos passaram a priorizar os long runs, já visando a corrida deste domingo. Nos boxes, a Ferrari conseguiu recuperar o carro de Vettel, que voltou à pista. A partir daí, os tempos não caíram mais, e o tetracampeão do mundo assegurou a melhor marca do ensaio.

Foto: Getty Images