Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Zaga “titular” do Palmeiras só foi usada três vezes no Paulistão

Uma das principais estratégias que o Palmeiras buscou para ter sucesso na temporada de 2017 foi ter um elenco de alto nível, onde lesões, suspensões, etc, não atrapalhassem o rendimento do clube.

Redação Torcedores
Textos publicados pela Redação do Torcedores.com.Contato: redacao@torcedores.com

Crédito: Foto: Cesar Greco/Ag.Palmeiras/Divulgação

Até o momento, o resultado está sendo satisfatório e os objetivos sendo atingidos, principalmente se fizermos uma análise do setor defensivo da equipe comandada pelo técnico Eduardo Baptista.

LEIA MAIS:
Torcedores do Timão e do Verdão invadem Instagram de Vadívia; confira

No início da temporada, a ideia era que a dupla de zaga titular fosse composta por Mina e Vitor Hugo, já que foi a usada durante grande parte da campanha do título brasileiro do ano passado, mas diversas situações não permitiram que isso acontecesse.

O colombiano jogou junto de Vitor Hugo em apenas três partidas no Campeonato Paulista, contra Linense, Corinthians e São Paulo, e só foi vazada em uma oportunidade, contra o alvinegro, na derrota do Palmeiras por 1 a 0.

Lesões de ambos, convocações por parte de Mina e suspensões, como o gancho de dois jogos pego por Vitor Hugo após uma cotovelada no dérbi,  fizeram com que outra peça do elenco se tornasse importantíssima, caso de Edu Dracena.

“Reserva de luxo”, o experiente zagueiro atuou em 70% dos jogos do estadual pelo Verdão e também está dando conta do recado. A importância de um elenco à altura dos titulares é tão visível nesse setor, que a única dupla de zaga não vazada até aqui no Palmeiras pelo estadual, é Edu Dracena e Antônio Carlos.