Futebol

Balanço financeiro mostra quanto o Fluminense gastou com futebol em 2016

Publicado às

Radialista, Jornalista com passagens como correspondente pelo site italiano CalcioNews24.com e pelo Arena Rubro-Negra. Atualmente setorista do Fluminense e Futebol Sul-Americano no Torcedores.com

Fluminense

Crédito: Crédito de imagem: Nelson Perez/Fluminense F.C

O Fluminense apresentou em seu site oficial o balanço financeiro, que detalhou as contas do clube e os gastos com o futebol ano passado na gestão do ex-presidente Peter Siemensen. Diante disto, os números divulgados pelo Tricolor das Laranjeiras mostra quanto o clube desembolsou com o futebol em 2016.

Em 2015, os custos no futebol cresceram 48% quando comparados aos números dos últimos anos e ano passado os números cresceram para R$ 181 milhões contra R$ 121 milhões em 2015 e no ano de 2014, houve um acréscimo de 143%. Com a gestão de Pedro Abad, o novo mandatário já conseguiu reduzir R$ 15 milhões das contas e deverá diminuir ainda mais.

LEIA MAIS:
THE STRONGEST X SPORTING CRISTAL: SAIBA COMO ASSISTIR AO JOGO AO VIVO NA TV
MERCADO DA BOLA: CRUZEIRO EMPRESTA DOIS JOGADORES AO GUARANI PARA DISPUTA DA SÉRIE B
VOCÊ CONHECE TODOS ESPORTES OLÍMPICOS QUE O FLUMINENSE PARTICIPA?

Ainda segundo o balanço financeiro, os maiores ofensores para o crescimento das despesas com o futebol ano passado foram os gastos pessoais e serviços pessoais. Para os dois, houve um gasto superior de R$ 42 milhões e foi uma das despesas do clube na gestão do presidente Peter Siemsen.

Com relação ao social houve uma certa estabilidade em relação às despesas e os gastos pessoais, serviços profissionais e despesas administrativa atingiram um valor de R$ 26 milhões ano passado contra R$ 25 milhões em 2015 e uma variação de 4%.