Esportes Olímpicos

Opinião: Bernardinho é o cara

Publicado às

Colaborador do Torcedores

Bernardinho

Crédito: Foto: Confederação Brasileira de Vôlei

Bernardo Rocha de Rezende, mas conhecido como Bernardinho, um cara que foi jogador de vôlei e que é treinador.

Como técnico, Bernardinho é um das maiores campeões da história, com trinta títulos mega importantes em vinte e dois anos de carreira pela seleção feminina e masculina de voleibol.

LEIA MAIS:
OPINIÃO: PRIMEIRA CONVOCAÇÃO DE RENAN PARA A SELEÇÃO BRASILEIRA É BUROCRÁTICA

Quando técnico na Seleção Brasileira de Voleibol Masculino, conquistou dois ouros olímpicos, três Copas dos Campeões, duas Copas do Mundo e oito Liga Mundiais. Já na Seleção Feminina de Voleibol, são seis medalhas olímpicas consecutivas, dois de bronze, duas pratas e dois ouro.

Uma pessoa que nunca desiste, sempre vemos em seus jogos, seus gritos, berros, desesperos, estresse, mas que com isso ele ensina, orienta e demonstra garra e coragem para seus jogadores nunca desistirem e vencerem uma grande partida. Para ele, cada ponto é uma vitória e odeia erros absurdos mesmo se o ponto é de seus próprio time.

Um técnico que gosta de Voleibol com perfeição e não gosta de ver erros absurdos em quadra. Como já foi jogador de vôlei, sabe como trabalhar o psicológico dos atletas, os treinos e sabe cada habilidade e de que precisa cada atleta de seu time, diferenciando o modo de dirigir entre seleção masculina e feminina pelo fato de que o jogo e a cabeça de ambos os sexos são totalmente diferentes.

Bernardinho um dos maiores técnicos de voleibol do mundo, vem cada vez mais demonstrando como administrar seu time, deixando cada vez mais os brasileiros orgulhosos e felizes com as vitórias que o Brasil tem tido no decorrer das temporadas e sempre buscando talentos e inspirando os novatos, que buscam uma oportunidade na área de atleta de voleibol.