DESTAQUE

Brasileiro deu nome de Lampard ao filho em 2012; hoje, a criança é fã do Chelsea

Publicado às

Jornalista formado pelo Mackenzie (SP), pós-graduado em Jornalismo Esportivo e Multimídias e pós-graduando em Assessoria de Comunicação e Mídias Sociais pela Anhembi Morumbi (SP). Apaixonado por esportes desde 1994.

Brasileiro deu nome de Lampard ao filho em 2012; hoje, a criança é fã do Chelsea

Crédito: Foto: Arquivo Pessoal/ Leandro Guedes

Morador de Nova Iguaçu (RJ), Leandro Guedes é mais um brasileiro dentre os muitos fanáticos pelo Chelsea. Em especial, ele também é fã de Frank Lampard. Tamanha é a idolatria ao ex-camisa 8 dos Blues que o filho, nascido em 2012, teve que receber seu nome.

Para que a esposa Patrícia aceitasse, ficou Leandro Lampard. “Insisti muito até o sim (dela para que o filho tivesse o nome de Lampard). Ela não se arrepende, ela sabe o que isso significa pra mim”, disse Leandro Guedes em entrevista exclusiva ao Torcedores.com.

LEIA MAIS:
CHELSEA É CAMPEÃO INGLÊS: VEJA FOTOS E VÍDEOS DA COMEMORAÇÃO DO TÍTULO
CHELSEA X ARSENAL: SAIBA QUEM VENCEU MAIS VEZES O CLÁSSICO INGLÊS
CARRASCO DOS TEMPOS DE CHELSEA, DROGBA PROVOCA “FREGUÊS” ARSENAL EM REDE SOCIAL
MOURINHO COMEMORA APONTANDO PARA ESCUDO DO UNITED APÓS VENCER O CHELSEA; ASSISTA
FRANCÊS EX-CHELSEA DETONA KANTÉ: “É O MOTOR, MAS NÃO O MOTORISTA”; VEJA

O brasileiro sempre buscou uma forma de eternizar o clube londrino em sua vida. E o filho dele “quis” nascer logo no dia 24 de abril de 2012, data em que os azuis arrancaram um heroico empate por 2 a 2 contra o Barcelona no Camp Nou e avançaram à final da Champions daquele ano (que venceriam). Foi a deixa perfeita.

Com cinco anos e um pouco mais sabido, Leandro Lampard já compartilha da mesma paixão do progenitor. No vídeo no fim do post, em que ele tenta cantar o hino do Chelsea, uma prova. Antes disso, durante a Copa do Mundo de 2014, ainda, o garoto já participou do sonho do pai e também conheceu o ídolo em São Conrado (RJ).

Brasileiro deu nome de Lampard ao filho em 2012; hoje, a criança é fã do Chelsea
Leandro Guedes (à direita do jogador) levou o filho e a família para conhecer o Lampard “original”
durante a Copa de 2014 (Foto: Arquivo Pessoal/ Leandro Guedes)

Em um bate-papo exclusivo com o Torcedores.com, Leandro Guedes conta as origens da idolatria ao Chelsea e ao Lampard, como conseguiu o encontro com o ex-meia, a emoção no momento e o carinho do inglês com ele e seu filho, avaliou a atual temporada dos Blues e muito mais. Confira abaixo.

Entrevista exclusiva com Leandro Guedes, brasileiro fanático pelo Chelsea e pai do Leandro Lampard:

Torcedores.com: Quando e como começou a sua torcida pelo Chelsea? E o fanatismo pelo Lampard, também começou na mesma época?

Leandro Guedes: Pelo Chelsea, começou por volta do final dos anos 1990 e início dos anos 2000. Pelo Lampard, um pouco depois. Lampard chegou em 2001, já sabíamos da capacidade dele, mas chegou tímido e no banco. A partir de 2003, ele começou a mostrar quem seria como jogador. Acredito que tenha sido a partir daí.

Torcedores.com: Por que o Lampard e não Terry ou Drogba, por exemplo?

LG: Acredito que todos são excelentes jogadores e foram super profissionais, têm o tipo de jogador que gosto, mas Lampard foi mais completo dentro e fora de campo. Acho que isso fez dele um dos maiores ídolos da torcida do Chelsea.

Torcedores.com: Como você conseguiu convencer a esposa de poder dar o nome ao filho de Lampard? Em algum momento desde então, ela chegou a se mostrar arrependida por isso?

LG: Só consegui convencer colocando o Leandro como primeiro nome. Era um desejo dela, se não, não aconteceria. Mas eu insisti muito até o sim. Ela não se arrepende, ela sabe o que isso significa pra mim.

Torcedores.com: Como você fez para encontrar o Lampard durante a Copa do Mundo no Brasil?

LG: Não foi fácil. Depois de uma das matérias da Globo, foi prometido o encontro na Copa do Mundo. Porém, quando chegou a época, o padrão Fifa não deixou nenhuma emissora realizar o encontro. Foi aí que entrou uma jornalista Inglesa chamada Janet Tappin, a quem devo muito por esse encontro. Ela me passou o e-mail do assessor de imprensa da seleção inglesa e aí entrei em contato. Ele me respondeu dizendo que faria a viagem para São Paulo para jogar contra o Uruguai e que comentaria com o Lampard. E ele querendo, o encontro aconteceria. Foi o que aconteceu: no dia seguinte ao jogo, encontrei o Lampard no Hotel onde a seleção estava concentrada, em São Conrado.

Torcedores.com: O que aconteceu no encontro com o ídolo e qual foi a emoção do momento?

LG: Eu não esperava que ele fosse me receber como me recebeu, com um carinho sem tamanho e com muitos presentes. Camisa da seleção inglesa, bandeiras, flâmula, adesivos, entre outras coisas. E a emoção, realmente, até hoje eu não consigo explicar. Foi algo surreal. Mas deixando claro que, o tempo todo, eu falei pra ele que estava ali representado milhares de pessoas pelo Brasil que o admiravam.

Torcedores.com: Qual foi o sentimento quando soube que o Lampard iria deixar o Chelsea? E quando soube que ele iria defender o Manchester City por seis meses? E quando soube que ele iria pendurar as chuteiras?

LG: Claro que de tristeza, mas sabendo que essa hora iria chegar. Gostaria que ele encerrasse a carreira dele no Chelsea e acho que ele também, mas a diretoria entendeu que não seria assim. Difícil (vê-lo no City), mas feliz por ele ter voltado a jogar na Premier League em alto nível e mostrando mais uma vez seu profissionalismo. Inclusive no gol que fez no Chelsea. Como falei (em relação à aposentadoria), uma hora iria chegar. O tempo passa e os grandes jogadores têm que parar. Sorte minha que vi os 14 anos em que jogou pelo Chelsea.

Torcedores.com: Hoje, seu filho já é um pouco mais crescido. Ele já começa a demonstrar interesse no futebol, no Chelsea e já descobriu o motivo do Lampard no nome?

LG: No futebol, não demonstra muito interesse não. Ainda não. Pelo Chelsea, posso dizer que sim. Ele é verdadeiramente um torcedor do Chelsea, chega a ser engraçado. Briga com o vizinho que fica falando que ele é Flamengo e ele não gosta, fala que é Chelsea. Ele ainda não tem noção em relação ao Lampard. Vou falar a ele mais tarde. Tenho mais de 250 jogos do Lampard gravado e ele terá muitas oportunidades para saber quem Lampard foi. Hoje, meu filho apenas chama ele de tio Lampard.

Torcedores.com: O Chelsea conquistou mais um título da Premier League e também pode vencer a Copa da Inglaterra. Como você avalia a temporada do clube e como o imagina na próxima Champions?

LG: Uma temporada onde digo que o técnico (Antonio Conte) teve muita importância. Foi humilde na hora que precisou mudar de esquema e contar com jogadores que jamais passaram em nossas cabeças que seriam titulares, como o Moses. Mas foi uma temporada eficiente e excelente. Liga dos Campeões é Liga dos Campeões, sempre muito difícil, mas tenho esperança em uma boa campanha do Chelsea.

Torcedores.com: Você acha que o Chelsea anda pode ter um “novo Lampard”? Se sim, já tem alguém no próprio elenco ou no futebol atual que possa assumir esse posto?

LG: Não acho, porque acredito que, à medida que o tempo passa, o futebol muda. Pode até aparecer um jogador com características semelhantes, mas, como ele, acho difícil. Terá que mostrar em números. No elenco, não tem ninguém perto disso. No futebol mundial, não vejo também. Os números do Lampard são impressionantes.

Torcedores.com: Você já fez ou gostaria de fazer alguma outra “coisa de fanático”, além de homenagear Lampard no nome o filho, pelo Chelsea? Se sim, qual(is)?

LG: Gostaria de fazer muitas coisas. Tem uma que não tenho coragem e também não gosto. Seria uma tatuagem com o símbolo do Chelsea. Como não gosto de tatuagem… Mas vai que um dia acontece.

Veja o menino Leandro Lampard, de apenas cinco anos, tentando cantar o hino do Chelsea:

LEIA TAMBÉM:
VOCÊ CONHECE OS ATUAIS TÉCNICOS DOS CLUBES DA PREMIER LEAGUE? FAÇA O TESTE!
VOCÊ CONHECE OS PRINCIPAIS ÁRBITROS DA PREMIER LEAGUE? FAÇA O TESTE!
ENQUETE: QUAL DOS SEIS MELHORES DA PREMIER LEAGUE FICARÁ FORA DO G-5? VOTE!
APROVA OU REPROVA? AVALIE A TEMPORADA DOS BRASILEIROS DA PREMIER LEAGUE ATÉ O MOMENTO
INGLATERRA NÃO TEM DOIS TIMES NAS QUARTAS DA CHAMPIONS DESDE 2014

Gostou da publicação sobre futebol inglês? Para acompanhar tudo o que escreve seu autor, curta sua página no Facebook e siga-o no Twitter.