Futebol

Breno revela em que condições se apresenta ao Vasco e se poderá estrear contra o Bahia

Publicado às

Colaborador do Torcedores

Vasco

O Vasco da gama apresentou nesta quinta-feira (18) seu segundo reforço para o Campeonato Brasileiro. O zagueiro Breno, emprestado pelo São Paulo até o final desta temporada, revelou que ainda vai sentir a falta de ritmo de jogo pelo longo período sem jogar, mas que se o clube precisar e seu contrato estiver regularizado, está à disposição para o técnico Milton Mendes para estrear diante do Bahia, na manhã deste domingo, em São Januário.

Eu estou com muita vontade de jogar. Só jogando vou ganhar ritmo. Tenho 27 anos, sei lidar com essa questão de ritmo. Dá para saber controlar quando está cansado. A última vez que joguei 90 minutos foi há dois meses, mas ritmo de jogo só pega jogando. Se precisar de mim no domingo, estarei à disposição. Quero muito ajudar o Vasco“, disse Breno.

LEIA MAIS:

MERCADO DA BOLA: VASCÃO CONFIRMA VINDA DE DESTAQUE DO BOAVISTA
MERCADO DA BOLA: CUCA DESCARTA VINDA DE SASSÁ AO PALMEIRAS
VASCÃO ANUNCIA CHEGADA DE PRIMEIRO REFORÇO DO PACOTÃO
GALVÃO BUENO DETONA AMISTOSO ENTRE BRASIL E ALEMANHA: “NÃO VAI APAGAR O 7 A 1”
CRUZMALTINO RESCINDE CONTRATO COM MEIA DE 19 ANOS

O novo defensor do Gigante da Colina ainda explicou o motivo de não ter conseguido desempenhar um bom futebol nos últimos anos, mas garante que agora o problema está superado.

Lá no São Paulo mesmo dei essa entrevista, dizendo o motivo. Eu tinha um problema no meu joelho. Fiz uma cirurgia em 2010 nos EUA, quando estava no Bayern de Munique, e colocaram enxerto de cadáver. O meu joelho sempre inchava, tinha de tirar líquido. Fiz outra cirurgia, enxerto meu mesmo, e agora está tudo certo. Estou à disposição para fazer qualquer coisa pelo Vasco“, afirmou.

Amigos no elenco

Para se dar bem no Vasco, breno contará com a ajuda de antigos companheiros de São Paulo.

Já joguei com o Luís Fabiano e com o Kelvin. Vai ser muito bom jogar com eles, com o Andrezinho. Estou encarando esse desafio como muito importante para a minha carreira. Quero agarrar a chance com os dois braços. É um presente de Deus, sem dúvida. Essa chance eu tenho de pegar e não soltar mais“, finalizou.