Atletismo

Carlos Dias: entrevista exclusiva sobre seu desafio em prol da assistência social e combate ao câncer infantil

Publicado às

Colaborador do Torcedores

Crédito: Créditos Foto: Arquivo pessoal do atleta Carlos Dias

Carlos Dias, é um ultramaratonista brasileiro, formado em administração de empresas e pós graduado em psicologia organizacional. O atleta ganhou o título de super humano da americana latina, em um programa do canal de TV americano The History Channel, após correr mais de 120.000 km em sua carreira. Mas seu título não resume-se apenas as suas marcas no esporte, Carlos é realmente um super humano pois além de sua simpatia que conquista fãs por onde passa, ele usa sua habilidade e seu esporte em prol de beneficiar pessoas necessitadas.

Em comemoração aos seus 24 anos de carreira, Carlos irá realizar uma campanha em prol de beneficiar uma instituição que atende crianças com câncer (Hospital Graacc) e Associação Filhos do Céu que atende crianças que vivem em áreas de vulnerabilidade na Bahia.

Carlos irá correr durante um período de 24 horas em 24 capitais. Sobre isso Carlos nos concedeu uma entrevista onde fala mais sobre a campanha e o esporte em prol de campanhas de caridade.

Créditos da Foto: Arquivo pessoal do atleta Carlos Dias

O desafio tem início dia 17 de junho no Rio de Janeiro. Ele começará a correr às 10:00 horas da manhã do sábado e terminará no domingo dia 18 de junho dentro da maratona do Rio. Depois irá percorrer outras 22 capitais e a cidade de Porto Seguro.

Ao todo o desafio percorrerá 23 capitais e a cidade de Porto Seguro, ele irá sozinho para cada capital.

“Vou fazer parcerias com assessórias de corrida, para ter estrutura de tenda em cada capital com staffs para me dar suporte durante as 24hrs de cada etapa, vou correr por 24hrs parando apenas para ir ao banheiro, trocar tênis ou comer algo mais elaborado como macarrão”. Disse Carlos.

Ele irá correr uma média por etapa de 120 km, pois: “o objetivo não será bater recorde e sim chamar a atenção das pessoas para a importância de abraçar causas em favor da cura do câncer infanto juvenil e projetos educacionais para crianças que vivem em áreas de vulnerabilidade”, Como afirma o próprio Carlos.

As pessoas poderão contribuir de duas formas para a realização do desafio. 1ª) é contribuindo com a vaquinha no site do abacashi.com.br, pois lá a pessoa ganha recompensas para cada valor que colaborar.  Ressaltando que a campanha no site abacashi vai até dia 23 de junho. 2ª) “contribuir se inscrevendo em uma das etapas e correr comigo quanto tempo quiser”, convida Carlos.

Para se inscrever visite o site www.ticketagora.com.br.

Vale deixar claro que 10 % de cada colaboração e inscrição serão revertidos para o Hospital Graacc e para a associação Filhos do céu.

Créditos da Foto: Arquivo pessoal do atleta Carlos Dias

 

Carlos diz que é muito importante que as pessoas contribuam com o desafio. Em suas palavras ele diz: “É muito importante pois as pessoas, além de poderem participar ativamente correndo, vão ajudar duas instituições que realizam um trabalho muito importante para o bem estar de crianças e adolescentes no Brasil.”

Ao ser questionado sobre o que o leva a realizar tais desafios para benefício social ele abre o coração para os Torcedores.com e diz qual seu propósito com tudo isso:

 “Eu sempre realizo desafios extremos ao redor do planeta, já corri nos dez ambientes mais extremos, circulei o mapa brasileiro correndo, cruzei os EUA e sempre usando o esporte, minha corrida como uma ferramenta importante para passar uma mensagem de força, entusiasmo e resiliência. Esse ano é um ano especial pois estou nessa jornada a 24 anos e nada mais importante que realizar um desafio ousado, onde me reinvento, e estimulo as pessoas a sair do sofá, ir além do padrão e ter uma atitude altruísta. Tirando o olhar do próprio umbigo e fazendo conexões valiosas com outras pessoas.

Eu tenho como missão na minha vida, aprender com a trilha, com as pessoas e deixar como legado o meu melhor para o mundo, deixar uma mensagem de possibilidades e não de limitação.”

Ele também acredita que após o desafio muitas coisas podem mudar na vida de quem acompanhar sua jornada nesse desafio e possam enxergar o esporte de outra de forma. “Espero que as pessoas enxerguem não somente o esporte como uma competição, mas como uma ponte de conexão onde todos ganham em troca de conhecimento e transformação de cenário. Espero menos dedos apontados e mais atitude de realização coletiva.”, foram as palavras do super humano.

Carlos acredita que o esporte pode mudar muitas coisas, como as pessoas e sua forma de enxergar o mundo. Ele diz que: “No esporte aprendemos a conhecer nossas potencialidades, nossas fraquezas e com isso a mudar o olhar limitador do mundo para o olhar de expansão. O esporte tem a capacidade de se comunicar em diferentes camadas de uma forma dinâmica e direta. Se o mundo investir no esporte, teremos no futuro menos presídios e pessoas ocupando os leitos de hospitais.”

Por isso Carlos convida todos a juntarem-se a ele em prol do benefício de crianças que estão precisando de cuidados.

“O desafio será bem descontraído, onde quem nunca correu, se junta com quem já está acostumado a correr e ao recordista de provas, todos se inscrevem e correm ou andam quanto tempo quiser para ajudar a transformar km em sorrisos.”

Carlos também convida todos a conhecerem sua história de vida, que é um exemplo para todos, e conhecerem mais sobre seu novo desafio. Acesse o blog: www.carlosdiasultra.com.br.