Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Cigano chora após derrota no UFC 211: “Queria dar essa vitória para o meu filho”

O brasileiro Júnior Cigano não conseguiu o cinturão dos pesos pesados do UFC ao ser derrotado por nocaute para Stipe Miocic, neste sábado (13), em Dallas (EUA). Decepcionado com a não realização de seu sonho, ele não segurou as lágrimas ao tentar explicar a derrota na entrevista coletiva depois da luta principal da noite. Segundo Cigano, a vitória seria dedicada para o filho.

Márcio Donizete
Jornalista desde 2012, com passagens pelos jornais ABCD Maior e Diário do Grande ABC, além do canal NET Cidade de TV. Foi repórter colaborador, líder de colaboradores e editor no Torcedores.com. Apresenta o Lente Esportiva ABC em lives no Facebook e Youtube.

Crédito: Crédito da foto: Reprodução/Youtube/UFC

“Estou muito desapontado, não porque ele venceu, mas porque eu perdi. Não cometi nenhum erro, na verdade tudo estava funcionando bem. Sei que ele anda pra frente o tempo todo. Eu gosto de andar pra trás e aproveitar as oportunidades que meus oponentes me dão. Eu estava soltando chutes e eles estavam funcionando”, começou.

VEJA MAIS
NOCAUTE EM CIGANO RENDE US$ 50 MIL AO CAMPEÃO MIOCIC
UFC 211: CONFIRA TODOS OS RESULTADOS DAS LUTAS DESTE SÁBADO

“Lembro que o último chute que acertei ele sentiu e eu senti que estava bem e que precisava me mover e, depois não lembro de mais nada. Estou muito triste por ter perdido, queria ter vencido. Fiz tudo certo, mas ele foi melhor do que eu essa noite.  Só estou triste porque queria dar essa vitória para o meu filho”, disse, visivelmente emocionado.

Júnior Cigano também admitiu não se lembrar do fim da luta. ” Sabíamos que ele era duro, que andaria para frente, os chutes estavam funcionando e aí eu preciso rever a luta para ver o que aconteceu. Senti que teria sucesso com minha estratégia, mas aí ele conseguiu um bom golpe. Ainda não sei qual a lição que vou tirar de hoje, ainda estou tentando entender, mas sei que é muito importante”, declarou o brasileiro.

Clique no player acima e assista ao momento em que Cigano cita o filho e chora em entrevista coletiva pós-luta (com áudios em inglês e espanhol).