Futebol

Coritiba pede penhora das contas do Corinthians por dívida na venda de Kazim

Publicado às

Jornalista com passagens pelo Portal R7, Jornal do Trem, Impacto Comunicação, Dialoog Comunicação e Comunicale.

Kazim

Crédito: Foto: © Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

O Coritiba não obteve sucesso no acordo com o Corinthians pela venda de Kazim e entrou com processo contra o clube, na última terça-feira (2), por conta do atraso no pagamento das parcelas da negociação do atacante. A informação é do Globoesporte.com e UOL Esportes.

O valor da ação é de R$ 886.890,00, referente às três parcelas atrasadas do acordo de venda de R$ 1,2 milhões do jogador turco. O Coxa pede também que as outras duas parcelas restantes (com vencimento em 20 de maio e junho), juros e multa sejam inclusas na cobrança ao time paulista.

LEIA MAIS
JÔ FAZ DISCURSO ARREPIANTE ANTES DA VITÓRIA DO CORINTHIANS SOBRE A PONTE; ASSISTA
SEM MÁGOAS, FELIPE DIZ QUE VOLTARIA A JOGAR EM CORINTHIANS E FLA: “ESTÃO NO MEU CORAÇÃO”
EX-GOLEIRO DO GOIÁS NEGA PARTICIPAÇÃO EM CHURRASCO DE FERNANDÃO APÓS QUEDA DO CORINTHIANS

Para receber imediatamente, as publicações destacam que o Coritiba solicita à Justiça que o dinheiro seja penhorado das contas do Corinthians. Após a notificação, o Timão agora precisa quitar a dívida para não ter suas contas bloqueadas via CNPJ.

Coritiba acertou a venda de Kazim ao Corinthians em dezembro passado. Porém, não recebe as parcelas há cinco meses e procurou o alvinegro para tentar acordo. O Timão, inclusive, chegou a oferecer jogadores para abater o valor, mas nenhum interessou a equipe paranaense.

O processo está correndo na 38ª Vara Cível de São Paulo, com o juiz Nilson Wilfred Ivanhoe Pinheiro.