Futebol

Grohe explica como quer o Grêmio para buscar a classificação no Rio de Janeiro

Publicado às

Jornalista formado pela PUCRS em agosto de 2014. Dupla Gre-Nal.

Grêmio

Crédito: Foto: Lucas Uebel/Grêmio

Marcelo Grohe não quer o Grêmio fugindo de suas próprias características no jogo de volta das oitavas da Copa do Brasil. Após fazer 3×1 sobre o Fluminense, na Arena, nesta quarta-feira, as duas equipes voltam a se encontrar no dia 31, no Maracanã, para definir o classificado às quartas do torneio.

Atual campeão da competição, o tricolor gaúcho tenta quebrar um tabu histórico e se tornar o primeiro bicampeão consecutivo da história da Copa do Brasil. Para alcançar o objetivo, o goleiro quer que o time mantenha a mesma postura apresentada nos jogos fora de casa durante a campanha vitoriosa de 2016: agressivo e bem posicionado defensivamente e rápido na resposta no ataque.

LEIA MAIS:

Abel lembra o Inter e lamenta derrota na Arena: “Queria fazer duas torcidas felizes”

Felipe Melo rasga elogios ao Inter, e D’Ale devolve gentileza: “Queria ele no meu time”

Jornalista “tira” Inter da briga na Copa do Brasil: “Sabe qual a chance de ganhar? Zero”

“Se a gente voltar para o ano passado, nessa mesma competição, a gente se caracterizou por ter uma postura muito firme defensivamente, mas sem abdicar de jogar. Claro que, com a gente jogando fora de casa e o Fluminense com esse resultado adverso, eles vão ter que se expor um pouco mais. Talvez vá tentar uma pressão no começo, nos encurralar no nosso campo de jogo”, falou Grohe ao Torcedores.com na zona mista da Arena, após a vitória desta quarta.

“Quando eles tiverem com a bola, o ideal é que a gente mantenha essa postura agressiva defensivamente, sempre bem posicionado. E com a posse da bola, bom, a gente tem jogadores rápidos, que formam um contra-ataque rápido. O importante é defender bem e quem sabe em uma escapada conseguir um gol, que vai nos ajudar bastante lá no Rio”, acrescentou.

Com a boa vitória conquistada em Porto Alegre, o Grêmio fica mais perto de dar o troco no Flu. Isso porque, em 2015, dentro da Arena, o time carioca buscou um empate em 1×1 e tirou os gaúchos nas quartas de final do mesmo torneio. Até mesmo uma derrota por um gol de diferença no dia 31 é suficiente para os gremistas avançarem.

Mas, até chegar ao segundo confronto, uma mini-maratona está reservada ao Grêmio. No próximo domingo, o clube encara o Atlético-PR, fora de casa, pela segunda rodada do Brasileirão. Na sequência, volta a Porto Alegre onde tentará garantir a vaga às oitavas da Libertadores contra o Zamora, na quinta-feira que vem, dia 25. No outro domingo, tem o Sport, no Recife, pela terceira rodada do nacional e só depois disso viaja ao Rio para pegar o Flu, na quarta, dia 31.

Ouça a resposta de Grohe ao Torcedores: