Torcedores – Notícias Esportivas

GSP admite possível aposentadoria em caso de derrota

Georges St-Pierre nem voltou a lutar pelo UFC e já faz planos para o futuro. No caso de GSP, até mesmo uma possível segunda aposentadoria poderia acontecer se fosse derrotado em seu primeiro confronto no retorno ao MMA.

Victor Martins
Formado na Universidade Metodista de São Paulo. No Torcedores desde 2016 ou algo parecido.Antes trabalhei para a GG12 (empresa de prestação de serviços de conteúdo para sites), prestando serviços para sites como Federação Paulista de Futebol, Chico Lang, 10dofutebol, Milton Neves, Rádio Capital e outros,

Crédito: Reprodução/Instagram Oficial Georges St-Pierre

O canadense disse ao programa TheMMAHour que, caso perdesse sua próxima luta ou em uma outra luta no futuro, irá encerrar definitivamente sua carreira. E disse estar em sua ‘melhor forma’ para dar prosseguimento a seu cartel.

LEIA MAIS

BELFORT DIZ QUE NÃO SAIRÁ NO UFC: “ISSO AÍ É SÓ BOATO”

MOTOGP CONFIRMA TRIBUTO A NICKY HAYDEN DURANTE A PRÓXIMA ETAPA, O GP DA ITÁLIA

“Não quero virar saco de pancadas para os mais jovens. Eu não acredito que irei perder. Eu sei que estou na minha melhor forma e meus treinadores idem. Dou o melhor de mim e sei que, se eu voltasse, seria porque sei que sou um lutador melhor que eu era. E que gostaria de tentar outra vez e escrever mais uma vez meu nome na história. Mas se eu acabar perdendo, passarei a tocha. Acabou”, disse GSP.

O ex-campeão dos meio-médios do UFC deveria enfrentar Michael Bisping pelo título da categoria dos médios, mas a luta foi cancelada devido a uma lesão no olho do canadense. Apesar do cancelamento, St-Pierre garantiu que ainda há outras lutas que podem o interessar.

“Tenho que ver isso com o UFC primeiro. Não sei o que pode acontecer. Sempre disse que só voltaria se fosse uma luta me deixasse empolgado, uma luta que possa mostrar minha evolução. As coisas mudam no MMA rápido, mas acabei de fazer 36 anos. E preciso tomar uma decisão. Quando meu olho melhorar, preciso tomar uma decisão rápido. Mas posso dizer uma coisa; estou sempre a uma luta de parar de vez. Se eu lutar e perder, daí acabou tudo para mim”, ressaltou.

 

(Crédito da foto: Reprodução/Instagram Oficial Georges St-Pierre)