DESTAQUE

Ídolo do Santos relembra Brasileirão-05 vencido pelo Corinthians: “ficou manchado”

Publicado às

Colaborador do Torcedores

Santos

Crédito: Foto: Ivan Storti/ Santos FC

Giovanni, ex-jogador que fez sucesso no time do Santos e é um dos ídolos do clube, falou sobre o Campeonato Brasileiro de 2005, do qual disputou pelo Peixe.

Nos últimos dias, a polêmica do Brasileirão daquele ano voltou a ser assunto por declarações de Fábio Costa e Tinga, sobre um pênalti não marcado para o Internacional contra o Corinthians em partida que foi fundamental para o título do Timão.

LEIA MAIS:
Giovanni desaprova brincadeiras como como as de Lucas LIma nas redes sociais

Em entrevista exclusiva ao Torcedores.com, Giovanni relembrou o escândalo da arbitragem que foi revelado naquele ano: “Com certeza ainda me lembro. Foram alguns jogos que se repetiram, então ficou um pouco manchado sim”, afirmou o “Messias”.

Em 2005, o ex-jogador havia voltado para o Santos após uma passagem pelo futebol europeu, que durou quase 9 anos entre Barcelona e Olympiakos. Um dos 11 jogos anulados na competição, que tiveram como árbitro Edílson Pereira de Carvalho, acusado de manipular resultados, foi um Santos x Corinthians, na Vila Belmiro, que o Peixe havia vencido por 4 a 2.

Na partida remarcada, o time do Parque São Jorge se deu melhor e venceu por 3 a 2 fora de casa. Giovanni também comentou sobre isso: “A gente tinha ganho dentro de campo, depois os jogos voltaram e o Corinthians ganhou lá na Vila com um pênalti duvidoso. Então quando acontecem essas coisas dentro de campo no futebol é triste. Sempre fica uma mancha”, concluiu o ídolo santista ressaltando ainda o questionável pênalti que sobre o atacante Nilmar.

Ainda naquele confronto, Giovanni chutou uma bola para a arquibancada, iniciando uma confusão generalizada entre os torcedores, que chegaram a invadir o gramado da Vila Belmiro revoltados com a arbitragem.