DESTAQUE

Imprensa gaúcha admite favoritismo do Palmeiras sobre o Inter: “Melhor do Brasil”

Publicado às

Jornalista formado pela PUCRS em agosto de 2014. Dupla Gre-Nal.

imprensa

Foto: imprensa

Crédito: Foto: Cesar Greco - Divulgação Palmeiras

A partir das 21h45 desta quarta-feira, no Allianz Parque, o Palmeiras entra em campo tomado pelo favoritismo no confronto diante do Inter, pelas oitavas de final da Copa do Brasil. A própria imprensa gaúcha reconhece a distância das duas equipes neste momento, sendo uma delas a atual campeã brasileira e a outra vivendo a amargura da segunda divisão.

Para Rodrigo Oliveira, repórter da Rádio Gaúcha e habituado a cobrir a rotina do Inter, o Palmeiras, além de ter o “melhor grupo do Brasil”, conta novamente com o fator Cuca. Por outro lado, o jornalista vê o time gaúcho ainda em um processo de reconstrução depois da queda para a Série B no ano passado.

LEIA MAIS:

Jornalista “tira” Inter da briga na Copa do Brasil: “Sabe qual a chance de ganhar? Zero”

Alfinetada de Renato Gaúcho em colorada Renata Fan repercute nas redes sociais

Agora no Grêmio, Lucas Barrios manda recado para o Palmeiras e para Cuca

“O Palmeiras é favorito. Deu para ver no jogo contra o Vasco a chegada do Cuca, que tem uma sinergia muito grande com o Palmeiras. É o time que melhor contratou e que tem o melhor grupo do Brasil. Então, pela volta do Cuca e pelo que foi mostrado contra o Vasco, dá para apontar o Palmeiras favorito contra o Inter. Para efeito de Copa do Brasil, a maioria dos jogos da Série B não serve de parâmetro para o Inter. Apesar de ter ganho do Londrina, não dá para esquecer a perda do título gaúcho. Ainda é um grupo em formação, já que o Zago não herdou legado nenhum”, disse Oliveira ao Torcedores.com.

Ouça a avaliação de Rodrigo Oliveira sobre Palmeiras x Inter, pela Copa do Brasil:

Para Lacerda, só a camisa e a tradição podem classificar o Inter

Assim como Oliveira, Carlos Lacerda vê um total favoritismo ao Palmeiras. O repórter e apresentador da Rádio Gre-Nal entende que a volta de Cuca e o rebaixamento ainda recente do Inter pesam a favor dos paulistas.

“O confronto entre Inter e Palmeiras, pela grandeza das duas equipes, se equilibra. Mesmo que no momento o Palmeiras esteja uns 50%, 60% acima do Internacional no que diz respeito à qualidade. O Inter é um clube que ainda está tentando lamber as feridas do rebaixamento, no ano passado, e isso dificulta no entrosamento e na tranquilidade da equipe. O Palmeiras é o amplo favorito neste confronto. Se eu tivesse que apostar 10 fichas, eu apostaria 9 no Palmeiras”, apontou.

No entanto, Lacerda vê uma brecha para que o Inter possa novamente se sobressair. Ele fez questão de lembrar o peso da camisa colorada e citou a classificação sobre o Corinthians, na quarta fase da competição.

“O Palmeiras vai jogar a primeira em casa e isso é um facilitador, porque pode fazer o placar e aí vir para o Beira-Rio com o negócio já morto. Uma outra dificuldade para o Inter é a volta do Cuca no Palmeiras, que era um outro time com o Eduardo Baptista. Cuca conhece esse time, montou essa equipe. Neste confronto, pela qualidade palmeirense, por ser o melhor time do país, o Palmeiras é amplo favorito contra o Inter. Só não digo que está morta a cobra porque o Inter tem peso, tem camisa e mostrou isso contra o Corinthians”.

Ouça a análise de Carlos Lacerda:

Palmeiras e Inter abrem a série de oitavas de final nesta quarta-feira e definem a classificação no dia 31, no Beira-Rio, em Porto Alegre. Por estar participando da Libertadores, o time alviverde está apenas estreando no torneio. Já o colorado participou das fases prévias e bateu Princesa do Solimões, Oeste, Sampaio Corrêa e Corinthians.