Futebol

Inter vai liberar dois jogadores para o Atlético-GO após o término do Gauchão

Publicado às

Jornalista formado pela PUCRS em agosto de 2014. Dupla Gre-Nal.

Inter

Foto: Inter

Crédito: Ricardo Duarte / Internacional

Assim que terminar o Gauchão, o Inter fará mudanças no seu elenco. Ao passo que receberá os atacantes Marcelo Cirino e William Pottker, liberará outros atletas. Dois deles já têm destino definido. O meia Andrigo e o zagueiro Eduardo serão emprestados até o final do ano para o Atlético-GO e disputarão a Série A do futebol brasileiro.

A negociação com Andrigo, 22, já vinha ocorrendo nas últimas semanas. O meia não vem recebendo oportunidades pelo técnico Antônio Carlos Zago e, quando muito, fica como opção no banco de reservas. Sob comando de Argel Fucks, Andrigo foi considerado o melhor jogador do Gauchão de 2016, mas não manteve a regularidade no Inter.

LEIA MAIS:

Diretor do Novo Hamburgo crava: “Bolaños não amarra a chuteira do D’Alessandro”

Marcelo Lomba chorou no vestiário por causa da grave lesão de Keiller

Já Eduardo, de 21 anos, chegou a ser titular do Inter no jogo de estreia da temporada contra o Veranópolis. Falhou no lance do gol adversário e não recebeu mais chances na equipe. No ano passado, era titular do Náutico na Série B e foi chamado de volta ao Inter para ajudar na reta final da primeira divisão.

“Eles estão envolvidos na decisão do Estadual. Nada fechado ainda, mas está encaminhado”, frisou Edson Batista, diretor de futebol do Atlético-GO, em entrevista ao portal UOL Esporte.

E a reformulação do elenco colorado não para nesses dois nomes. O volante Eduardo Henrique, por exemplo, já foi cedido ao Atlético-PR. O venezuelano Seijas, por sua vez, está próximo de se acertar com a Chapecoense. Fabinho também pode ser outro a deixar o Beira-Rio.

Enquanto isso, o Inter se prepara para disputar a grande final do Gauchão de 2017. Após empatar em 2×2 o jogo de ida contra o Novo Hamburgo, no Beira-Rio, o colorado precisa vencer o rival no próximo domingo, às 16h, em Caxias do Sul. Um novo empate força a decisão por pênaltis.