Futebol

Lanús denuncia possível irregularidade da Chapecoense na Conmebol

Publicado às

Colaborador do Torcedores

Crédito: Divulgação/Dpto Prensa y Difusión Club Lanus.

A confusão envolvendo Luiz Otávio, jogador da Chapecoense, que teria jogado de forma irregular contra o Lanús na última quarta-feira (17) na Libertadores, ganhou novos contornos nesta quinta (18). A equipe argentina anunciou que entrará na Conmebol com uma denúncia contra os catarinenses pela escalação do atleta na partida desta semana.

Segundo a Fox Sports argentina, o vice-presidente do Lanús, Luis Chebel confirmou que a denúncia será enviada para que o assunto seja resolvido até a realização da rodada final da chave.

LEIA MAIS

CONFIRA FOTOS DA NOVA CAMISA DO BORUSSIA DORTMUND PARA A TEMPORADA 2017/18

RÉVER TERIA TENTADO ‘ENGANAR’ SAN LORENZO, DIZ JOGADOR DE TIME ARGENTINO

“Trabalhamos em uma petição a ser enviada a Conmebol e recebemos telefonemas do Nacional (URU) e do Zulia (VEN), porque esse é um assunto que tem influência na lógica do grupo. Pedimos que isso seja resolvido o quanto antes para podermos jogar a última rodada”, declarou Chebel.

A Chapecoense venceu a partida por 2 a 1, com o gol da vitória marcado pelo próprio Luiz Otávio, pivô de uma confusão antes da partida. O jogador teria recebido suspensão de três partidas por ter sido expulso contra o Nacional (URU), também pela Libertadores, mas a Chape alegou não ter sido avisada.

Antes do jogo desta quarta, um membro da entidade avisou o clube da suspensão. Na alegação do clube, o aviso da suspensão foi feito apenas pouco antes do apito inicial. Com isso, Luiz Otávio acabou escalado para o jogo diante do Lanús, De acordo com a Conmebol, o atleta cumpriu apenas uma partida da suspensão e não deveria jogar contra os argentinos.

“Foi algo que nos chamou a atenção. Não acreditamos no que vimos quando os times entraram em campo. Sabíamos desde sexta-feira passada que ele não podia jogo. O técnico deles (Vágner Mancini) chegou a tirar um jogador do banco de reservas, mas veio o presidente (Plínio David de Nês) apareceu e disse: ‘Ele vai jogar, eu garanto'”, disse o dirigente.

(Crédito da foto: Dpto Prensa y Difusión Club Lanus.)