DESTAQUE

Mistério antes da final: Inter ainda não descarta usar jogador de linha como goleiro

Publicado às

Jornalista formado pela PUCRS em agosto de 2014. Dupla Gre-Nal.

Inter

Foto: Inter

Crédito: Foto: Site Inter

Em uma situação incomum no futebol, o Inter se prepara para decidir o Campeonato Gaúcho de 2017 sem ter nenhum goleiro à disposição. Os três inscritos no torneio estão lesionados e o único do grupo principal a estar apto, o jovem Daniel, não está regularizado no estadual. Diante de um cenário tão inusitado – e preocupante -, o Inter pondera ter que utilizar uma situação extrema.

Dentro desse dilema, o clube ainda não descarta completamente a possibilidade de utilizar um jogador de linha como goleiro. Em contato com a reportagem do Torcedores.com, o preparador de goleiros Daniel Pavan (foto) deixou em aberto a hipótese, embora mantenha as esperanças em contar com um dos goleiros – ou Danilo Fernandes ou Marcelo Lomba, já que Keiller para por dois meses.

LEIA MAIS:

Hepta vem aí? Coincidências entre o atual Gauchão com o de 2005 chamam a atenção

Diretor do Novo Hamburgo crava: “Bolaños não amarra a chuteira do D’Alessandro”

Marcelo Lomba chorou no vestiário por causa da grave lesão de Keiller

“Nós preparadores de goleiros e os demais membros da comissão técnica estamos trabalhando com todas as possibilidades possíveis neste momento. Mas a nossa intenção, com certeza, é ter um dos nossos goleiros atuando nessa final contra o Novo Hamburgo”, comentou Pavan.

Caso necessite de fato improvisar, a tendência é que um defensor, com boa estatura, e reserva do time principal, seja o escolhido. Nomes como Klaus e Ernando seriam alternativas. Na zona mista após o empate em 2×2 contra o Novo Hamburgo, no Beira-Rio, no último domingo, jogadores como Roberson e Edenílson se colocaram à disposição. Anselmo, por sua vez, prefere não se arriscar.

“Estamos abertos a todas as possibilidades”, repetiu Pavan.

Marcelo Lomba ou Danilo Fernandes?

Tanto Marcelo Lomba quanto Danilo Fernandes não reúnem condições de jogo. Herói da classificação contra o Corinthians na Copa do Brasil, Lomba sofreu lesão muscular ao bater um tiro de meta contra o Caxias, na partida de volta da semi do estadual, e logo foi substituído por Keiller. Como o Inter já não tinha outro goleiro para colocar na reserva contra o Novo Hamburgo, ele foi para o sacrifício. Sequer conseguiu aquecer e, quando chamado ao jogo, mostrou que não tinha a menor condição física.

Embora Lomba esteja em um tratamento intensivo de fisioterapia, somente um teste antes do jogo no Centenário, no domingo, poderia indicar a possibilidade de participação na final. Há a preocupação, que serve também para Danilo Fernandes, que a entrada no duelo possa agravar ainda mais a lesão.

Danilo Fernandes, por sua vez, teve uma fratura no pé esquerdo e passou por cirurgia há cerca de um mês. Com prazo de recuperação de 60 dias, ele não chegou nem à metade do processo de recuperação. Para atuar sem sentir um mínimo de dor, teria que enfaixar ou imobilizar o local. Também teria que passar por um teste horas antes da grande decisão.

*Este artigo tem parceria com a Fan Page “Como é Bom Ser Colorado” – curta abaixo!