Futebol

OPINIÃO: Rogério Ceni tem o tempo que precisa. Terá a mesma filosofia de jogo?

Publicado às

Colaborador do Torcedores

Rogerio Ceni

Crédito: Foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net

O técnico Rogério Ceni teve muito tempo para trabalhar e mostrar a filosofia de jogo para os novos jogadores recém chegados e, também, para ampliar o conhecimento dos outros que se reapresentaram no dia 04 de janeiro no início deste ano.

O São Paulo tem um elenco que, comparado há alguns anos atrás, com exceção de 2012, tem um plantel de jogadores com mais nomes, que podem decidir o jogo a qualquer comento. Sabendo disso, está fácil para Ceni montar o time titular nesta inter temporada que o time está passando? Eu vejo um time titular quase certo, o único problema será nos lados de campo, precisamente os meias atacantes.

LEIA MAIS:
SÃO PAULO É O TERCEIRO CLUBE BRASILEIRO QUE MAIS GASTOU EM 2016; VEJA LISTA

Com a chegada de Morato, destaque são paulino contra o Cruzeiro no Mineirão, e Marcinho, deixou Ceni com certa dúvida, pois Luiz Araújo vinha sendo destaque por uns jogos consecutivos, mas caiu de rendimento. Thomaz, que veio durante o Campeonato Paulista, mostrou um bom serviço quando entrou no 2° tempo. Porém, contra o Linense, o jogador, atuando como titular deu uma assistência para o gol de Gilberto e, além disso, anotou o dele na mesma partida.

Apostaria em um ataque contendo Cueva centralizado no meio campo, Luiz Araújo pelo lado esquerdo, Morato pelo lado direito e o argentino Lucas Pratto de referência. Um time ofensivo, com a filosofia de Rogério que, provavelmente, irá continuar optando pelo esquema 4-3-3.

É importante mostrar serviço nesta inter temporada. Além do mais, o tempo adquirido pelo São Paulo é importante para recuperar os jogadores que vem se tratando de lesões. Buffarini, que não poderá atuar no próximo jogo devido o cartão vermelho tomado na partida de ida, e Araruna estão bem avançados nas recuperações. O segundo, inclusive poderá estar à disposição de Ceni contra a Defensa y Justicia, da argentina, na quinta feira (11), no Morumbi. Se tudo ocorrer como planejado, dependerá da comissão técnica relacionar ou não o jovem jogador, que, além de atuar como volante pode atuar na lateral direita.

Nunca será bom ser eliminado, ainda mais tratando da grandeza do São Paulo, mas posso concluir que o técnico Rogério Ceni obteve o tempo importante de recuperação e planejamento tático, coisa que será importante para o resto da temporada.