DESTAQUE

OPINIÃO: Noite de Libertadores prova que futebol é a melhor invenção do homem

Publicado às

Colaborador do Torcedores

Crédito: Reprodução/Facebook Conmebol Libertadores Bridgestone

Roda? Fogo? Celular? Internet? Que nada! Me perdoem os adeptos das tecnologias e da vida cômoda, mas o que seríamos nós sem o futebol, o esporte mais apaixonante da face da Terra? O futebol é sim a melhor invenção do homem e noites como a desta quarta na Libertadores provam isso.

Em um período de pouco mais de quatro horas, torcedores de quatro equipes viveram uma montanha-russa de emoções na competição continental, passando por momentos felizes, tristes, emocionantes, preocupantes, nervosos e por aí vai. Ah, o futebol…

LEIA MAIS:
SANTOS COMEMORA CLASSIFICAÇÃO NA LIBERTADORES COM CLÉBER “DESMAIADO” EM FOTO

Fomos capazes de ver o Santos arrancar empate por 1×1 com o The Strongest em plena altitude de 3660 m de La Paz, estando com um jogador a menos e ainda contando com um pênalti desperdiçado pelo jogador mais experiente do adversário. O torcedor santista provou de uma mistura de apreensão, raiva, nervosismo, euforia, um pouco mais de nervosismo e, por fim, alívio.

Fomos capazes de ver a Chapecoense honrar a memória dos guerreiros que se foram em novembro passado. Relembrando a equipe de 2016, conseguiu uma vitória improvável e histórica por 2×1 diante do Lanús, com um herói improvável: Luiz Otávio. Vitória heroica em território argentino, que ainda teve o “tempero” de uma suposta escalação irregular do zagueiro autor do gol da vitória.

Fomos capazes de ver um Atlético-PR conquistar virada incrível em Santiago, diante da Universidad Católica. Liderado pelos experientes Eduardo da Silva e Carlos Alberto, o Furacão fez três gols em 11 minutos, viu os chilenos pressionarem, mas não conseguirem alterar o 3×2. Então, um time quase eliminado foi parar na vice-liderança da chave, perdendo apenas pelo saldo.

Fomos capazes de ver o Flamengo ir de primeiro colocado da chave a eliminado em questão de instantes. O torcedor carioca foi da empolgação com o primeiro gol de Rodinei, para apreensão com o empate de Angeleri e o total abatimento com a virada de Belluschi.

Pois é, o futebol é a melhor invenção do homem, capaz de nos proporcionar momentos fantásticos e momentos nem tão bons, mas acima de tudo, momentos inesquecíveis.