DESTAQUE

Palmeiras é denunciado na CONMEBOL por confusões no jogo contra o Peñarol

Publicado às

Estudante do 9º semestre de jornalismo e amante dos esportes, principalmente o bom e velho futebol. Setorista de Atlético-MG e Futebol Feminino.

Briga Peñarol x Palmeiras

Crédito: Reprodução/Fox Sports

O confronto entre Palmeiras e Peñarol aconteceu na quarta-feira da semana passada, mas os desdobramentos das confusões que ocorreram após os 90 minutos ainda estão longe de terem um final. Nesta quarta-feira, 03, o Verdão foi denunciado em três artigos no Comitê de Disciplina da Confederação Sul-Americana de Futebol (CONMEBOL). Além disso, o volante Felipe Melo já foi punido, provisoriamente, pela instituição.

As denúncias se deram por conta do comportamento dos atletas, ainda no gramado do Estádio Campeón del Siglo, e também pelo confronto, nas arquibancadas, entre torcedores palmeirenses e aurinegros. A informação é do portal Globoesporte.com.

LEIA MAIS:

FELIPE MELO E TRÊS JOGADORES DO PEÑAROL SÃO SUSPENSOS PROVISORIAMENTE PELA CONMEBOL

MOISÉS ELOGIA MATTOS, DISPENSA EUROPEUS E VISA FICAR ‘UM BOM TEMPO’ NO PALMEIRAS

JORGE WILSTERMANN RECEBE O PALMEIRAS QUERENDO SUBIR NA TABELA

O Palmeiras foi denunciado nos artigos  5, 6 e 11, com base no Regulamento Disciplinar da CONMEBOL. Tanto as condutas de atletas e funcionários, assim como os atos dos torcedores, podem ser considerados de responsabilidade do clube.

No artigo 5, que versa sobre os ‘Princípios de Conduta’ dos clubes e dos jogadores, o Verdão foi enquadrado em três itens: B, C e E. O artigo 6, dividido em dois parágrafos, trata das responsabilidades dos clubes, com vista no comportamento de jogadores e torcedores presentes no estádio.

Já no artigo 11, são tratadas as ações incorretas ou inapropriadas dos presentes nas arquibancadas. Neste, o Verdão recebeu denúncia de ter infringido os itens B, F e G.

Confira os itens correspondentes a cada artigo que o Palmeiras foi denunciado.

Art. 5

B) Comportar-se de maneira ofensiva, insultante ou realizar manifestações difamatórias de qualquer índole.
C) Violar os conceitos mínimos do que se considera como um comportamento aceitável no âmbito do esporte e do futebol organizado.
E) Comportar-se de maneira tal que o futebol, como esporte em geral, e a CONMEBOL, em particular, possam ser vistos com descrédito como consequência destes comportamentos.

Art. 6

1) As associações membro os clubes são responsáveis pelo comportamento de seus jogadores, oficiais, membros, funcionários, torcedores e também de qualquer outra pessoa que exerça ou possa exercer, em seu nome, qualquer função como os preparativos, organização ou a celebração de uma partida de futebol, seja de caráter oficial ou amistoso.

2) As associações nacionais e os clubes são responsáveis pela segurança e ordem, tanto do interior, como das imediações do estádio, antes, durante e depois da partida. Esta responsabilidade se estende a todos os incidentes que, de qualquer natureza, possam acontecer, encontrando-se, portanto,  à imposição de sanções disciplinares e cumprimento das ordens e instruções que podem ser tomadas pelos órgãos disciplinares.

Art.11

B) Lançamento de objetos.
F) Desordem ou indisciplina cometida no estádio ou em sua imediações duranta e após a finalização da partida.
G) Quando em casos de agressão coletiva, briga ou tumulto, em que não são identificados os responsáveis das infrações, o órgão disciplinar sancionará o clube a que pertencem os agressores

*Para acessar o regulamento COMPLETO do Comitê de Disciplina da CONMEBOL, clique AQUI