DESTAQUE

Palmeiras é o último carrasco do Flamengo no Maracanã

Publicado às

Colaborador do Torcedores

Crédito: Crédito da imagem: Gilvan de Souza / Flamengo

Em 6 de dezembro de 2015, Pará marcou o único gol do Flamengo na derrota para o Palmeiras por 2 a 1 no Maracanã. Desde então o rubro-negro não perdeu mais jogando no estádio.

Sendo assim, o Flamengo mantém uma invencibilidade de nove jogos no Maracanã (cinco vitórias e quatro empates). O rubro-negro jogou quatro vezes no estádio em 2016, todas pelo Campeonato Brasileiro. Foram três empates (2 a 2 com Corinthians, 0 a 0 com Botafogo e 2 a 2 com Coritiba) e uma vitória (2 a 0 sobre o Santos). Neste ano foram mais cinco jogos, sendo quatro vitórias (4 a 0 sobre o San Lorenzo, 2 a 1 no Atlético-PR, 2 a 1 no Botafogo e 1 a 0 no Fluminense) e um empate (0 a 0 com o Vasco).

LEIA MAIS:
Saiba por que o Flamengo tem tudo para garantir a classificação na Libertadores
Entenda porque Mancuello é o substituto ideal de Diego no Flamengo
Flamengo é o time que mais lotou estádio nesta Libertadores; veja o ranking

Crédito da imagem: Gilvan de Souza / Flamengo

A última derrota do Flamengo no Maracanã

Na ocasião, o Palmeiras era o atual campeão da Copa do Brasil e o técnico do Flamengo era Jayme de Almeida, hoje auxiliar de Zé Ricardo. O jogo era válido pela última rodada do Campeonato Brasileiro e teve pênalti polêmico não marcado pelo árbitro Wagner Reway em cima do atacante Kayke.

Cinco titulares do Flamengo que disputaram aquele jogo seguem no elenco: o goleiro César, o lateral direito Pará, o volante Márcio Araújo, e os atacantes Everton e Gabriel.

Já os remanescentes no Palmeiras são o zagueiro Vitor Hugo, o lateral esquerdo Zé Roberto e os atacantes Dudu e Alecsandro. O time era comandado por Marcelo Oliveira.

FICHA TÉCNICA – Flamengo 1 x 2 Palmeiras
Local: Estádio Mário Filho, Maracanã, Rio de Janeiro
Data e horário: 06/12/2015, às 17h (de Brasília)
Árbitro: Wagner Reway, Eduardo Gonçalves da Cruz e Fábio Rodrigo Rubinho
Cartões amarelos: Juninho (PAL)
Gols: Pará, aos 30 minutos do segundo tempo (FLA); Dudu, aos 26 e Vitor Hugo, aos 44 minutos do segundo tempo (PAL)
FLAMENGO – César, Pará, Marcelo, Wallace e Jorge; Márcio Araújo, Jajá (Luiz Antonio), Alan Patrick e Everton; Gabriel (Marcelo Cirino) e Emerson Sheik (Kayke). Técnico: Jayme de Almeida
PALMEIRAS – Fábio, Taylor, Leandro Almeida, Vitor Hugo e João Paulo; Amaral, Matheus Sales, Zé Roberto (Juninho) e Dudu; Allione (Kelvin) e Alecsandro (Cristaldo). Técnico: Marcelo Oliveira

Agora é Libertadores

De olho na classificação antecipada para as oitavas de final da Libertadores, o Flamengo volta a campo nesta noite para enfrentar a Universidad Católica. Se vencer o rubro-negro garante a vaga desde que o Atlético-PR ganhe do San Lorenzo em Curitiba. Em caso de empate ou derrota a decisão será na última rodada da fase de grupos, contra os argentinos fora de casa.

Para este jogo decisivo o Flamengo terá quatro desfalques: o zagueiro Donatti, o volante Rômulo e o meio-campista Diego (lesionados), além do atacante colombiano Berrío (suspenso).

FICHA TÉCNICA – Flamengo x Universidad Católica:
Local: Estádio Mário Filho, Maracanã, no Rio de Janeiro
Data: quarta (3) às 21h45 (de Brasília)
FLAMENGO (provável escalação) – Alex Muralha, Pará, Réver, Rafael Vaz e Trauco; Márcio Araújo, Willian Arão e Mancuello; Gabriel (Renê), Guerrero e Everton. Técnico: Zé Ricardo.
UNIVERSIDAD CATÓLICA (provável escalação) – Toselli; Espinoza, Álvarez, Maripán, Parot; Fuentes, Kalinski, Fuenzalida, Buonanotte, Noir; Silva. Técnico: Mario Salas.