Mídia Esportiva

Para comentarista da Fox, Barrios tem mais bola que Borja

Publicado às

Rafael Alaby é jornalista diplomado pela FIAM (Faculdades Integradas Alcântara Machado), com passagens pela Chefia de Reportagem de Esportes, da TV Bandeirantes, em São Paulo e site KiGOL. Pós-graduado em Jornalismo Esportivo e Negócios do Esporte (FMU)

Crédito: Foto: Reprodução/Fox Sports

No final de fevereiro, Grêmio e Palmeiras fizeram duas aquisições de peso. O clube gaúcho trouxe o atacante Barrios, sem espaço no alviverde, que acabou investindo na contratação de Miguel Borja. Para Paulo Lima, comentarista do Fox Sports, o paraguaio joga mais que o colombiano.

“Eu elogio o Barrios desde que estava no banco de reservas do Palmeiras. Se você botar numa balança o Barrios e o Borja, na balancinha da qualidade técnica e de quem tem mais bola, Pense bem quem joga mais. A minha opinião vocês já sabem (é o Barrios”), disse Lima, durante participação no “Bom dia Fox”, nesta quinta-feira.

VEJA MAIS:
Jornalista da ESPN fala sobre experiência de treinar uma semana em um clube de futebol 
Arnaldo Ribeiro diz que até ganhou chuteira após consagrar bordão na Copa 

O jornalista destacou que antes de Barrios chegar, o técnico Renato Gaúcho desejava a chegada de um centroavante clássico, estilo oposto ao do paraguaio, que sai da área e costuma fazer o papel de garçom para os companheiros.

“Foi um cara que saiu do Palmeiras. Tudo bem que não jogou nada, não teve boa temporada, mas todos nós sabíamos da qualidade do Barrios. O Renato sempre tentou um centroavante de jogar mais fixo dentro área. Só que o Barrios é aquele centroavante clássico de jogar dentro da área. Contra o Fluminense saiu da área e deu uma assistência para o Arthur empatar a partida”, completou.

O curioso é que tanto Barrios como Borja possuem o mesmo número de jogos, respectivamente, por Grêmio e Palmeiras. No entanto, o paraguaio tem um gol a mais – 9 contra 8. Na vitória sobre o Fluminense (3 a 1), na última quarta-feira, pelo jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil, o jogador balançou as redes duas vezes, além de ter dado assistência.